Bahia terá R$ 9,4 bilhões do Orçamento da União em 2013

Walter Pinheiro: "São recursos para a aquisição de equipamentos, como patrulhas mecanizadas, que recebeu o reforço de 20 milhões de reais, após entendimentos com o relator da Comissão mista do Orçamento"
Walter Pinheiro: "São recursos para a aquisição de equipamentos, como patrulhas mecanizadas, que recebeu o reforço de 20 milhões de reais, após entendimentos com o relator da Comissão mista do Orçamento"
 Walter Pinheiro: "São recursos para a aquisição de equipamentos, como patrulhas mecanizadas, que recebeu o reforço de 20 milhões de reais, após entendimentos com o relator da Comissão mista do Orçamento"
Walter Pinheiro: “São recursos para a aquisição de equipamentos, como patrulhas mecanizadas, que recebeu o reforço de 20 milhões de reais, após entendimentos com o relator da Comissão mista do Orçamento”

O Orçamento Geral da União já tem aprovado os relatórios setoriais e segue a tramitação para a aprovação da matéria até amanhã, fechando o ano legislativo do Congresso Nacional. No total, o Estado da Bahia tem previsão de ser contemplado com aproximadamente R$ 9,4 bilhões. Do valor inicial aprovado no relatório setorial, as emendas para a Bahia já superam R$ 638 milhões e outras negociações prosseguem na tentativa de ampliar os recursos.

Após articulações do senador Walter Pinheiro (PT/BA), várias emendas de remanejamento foram ampliadas, assim como a emenda individual de Pinheiro, que pulou de R$ 19,8 milhões para R$ 39,8 mi. “São recursos para a aquisição de equipamentos, como patrulhas mecanizadas, que recebeu o reforço de 20 milhões de reais, após entendimentos com o relator da Comissão mista do Orçamento”, explica Pinheiro.

Outra proposta de emendas de remanejamento apresentada e defendida por Pinheiro também foi  contemplada com um reforço de recursos. É  a proposta  de obras que contemplam o contorno da cidade de Barreiras, com a construção do Anel Rodoviário. “Esta emenda teve limite setorial aprovado restrito ao valor de 3 milhões de reais e conseguimos um incremento de mais 30 milhões. Outra vitória foi o aumento de 10 para 40 milhões na emenda de ampliação do Porto de Aratu”, destacou o senador.

“Ainda estamos mobilizando, na busca de mais recursos, como para as emendas que  prevêem obras de ligação do município de Feira de Santana e a cidade de Serrinha; e a extensão da BR 367, até o trecho do município de Porto Seguro, também de remanejamento”, explica Pinheiro.

As emendas – Deputados e senadores baianos tiveram direito a apresentar 21 emendas, sendo 15 dos deputados federais, 3 dos senadores baianos e outras 3 que podem ser liberadas por meio de remanejamentos. A proposta de Pinheiro de agrupar as emendas em blocos foi fundamental para garantir a agilidade  dos trabalhos da bancada e as articulações vêm ampliando os valores para atender todos os segmentos apresentados pelos parlamentares.

“As 21 emendas foram apresentadas, após o entendimento de  organizar as emendas em blocos, por segmentos prioritários e cada proposição vem sendo trabalhada para ampliar os valores, na busca de mais recursos”, explicou Pinheiro, que vem acompanhando a tramitação da matéria no Congresso.

O Orçamento da União poderá ser votado ainda hoje na Comissão Mista para seguir para apreciação  do plenário do Congresso Nacional, encerrando o ano legislativo.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9294 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).