Violência atinge representantes do MPBA e PJBA; Promotora é estuprada e juíza passa horas em poder de três assaltantes

Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

A violência atinge representantes do Poder Judiciário do Estado da Bahia (PJBA), Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA) e da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP Bahia). Oficiais da polícia, delegado de polícia e membros do judiciário estão entre as últimas vítimas dos bandidos. A violência que atinge a população parece desconhecer limites, e a sensação de insegurança atinge a todos os baianos, em maior ou menor grau.

Na quinta-feira (15/11/2012), uma promotora e uma juíza foram sequestradas por três bandidos, na Rua Amazonas, Bairro Pituba, em Salvador, o sequestro ocorreu por volta das 21h. O caso foi abordado nesta segunda-feira (19) pelo próprio governador Jaques Wagner.

As duas permaneceram em poder dos assaltantes por várias horas, circulando pelas ruas da cidade, fazendo compras com os cartões de crédito das vítimas.

A juíza foi, então liberada, mas a promotora, que foi estuprada, permaneceu com os marginais até a madrugada de sexta-feira.

O governador ficou sabendo do caso no feriado. “Estamos com várias operações na rua para prender os responsáveis por esse crime, esse absurdo”, disse Wagner.

O Comando de Operações Especiais (COE) está investigando o caso, com apoio do Departamento de Inteligência da Polícia Civil.

Com informações da Tribuna da Bahia.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109750 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]