Pedra fundamental da fábrica JAC Motors na Bahia será lançada nesta segunda-feira, no Polo Industrial de Camaçari

Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

O governador Jaques Wagner, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, os presidentes da JAC Motors da China e do Brasil, An Jin e Sérgio Habib, lançam, nesta segunda-feira (26/11/2012), às 14h30, no Pólo Industrial de Camaçari, a pedra fundamental da fábrica da montadora chinesa na Bahia. De acordo com o cronograma da empresa, o primeiro automóvel JAC Motors brasileiro fica pronto no final de 2014.

Durante a cerimônia, a direção da montadora vai enterrar um automóvel JAC J3 no terreno da fábrica, com textos e fotos de visitantes do Salão do Automóvel e internautas. Os presentes à cerimônia de lançamento da pedra fundamental da JAC também poderão inserir mensagens. A cápsula do tempo será aberta em 2032.

A capacidade da planta de Camaçari será de 100 mil unidades anuais e a previsão é de abertura de 3,5 mil postos diretos de trabalho e 10 mil indiretos. Serão investidos R$ 900 milhões no complexo industrial. De acordo com a direção da empresa, 95% das vagas serão ocupadas por profissionais baianos, com mão-de-obra formada no Senai/Cimatec.

O projeto da JAC Motors na Bahia começou a ser trabalhado há dois anos, com viagens do governador à China e a Brasília para negociações com a montadora e com o Governo Federal.

Além da JAC, as negociações atraíram a maior fabricante de caminhões do mundo, a também chinesa Foton Motors, que firmou protocolo de intenções com o Governo da Bahia, neste ano de 2012, para a instalação de uma unidade em Camaçari até 2013. Um investimento de US$ 300 milhões, que vai gerar mil empregos diretos e seis mil indiretos.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111021 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]