Feira de Santana registra seis mortes nesta quarta-feira. Deputado Carlos Geilson cobrou investimentos na segurança

Carlos Geilson, Governo da Bahia está de braços cruzados com relação a onda de violência. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Carlos Geilson, Governo da Bahia está de braços cruzados com relação a onda de violência. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Carlos Geilson, Governo da Bahia está de braços cruzados com relação a onda de violência.  (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Carlos Geilson, Governo da Bahia está de braços cruzados com relação a onda de violência. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)

A violência em Feira de Santana, segunda maior cidade da Bahia, está assustando a população. Nesta quarta-feira (07/11/2012), foram registrados seis assassinatos, elevando para 15 o número de mortes violentas no mês de novembro. Faltando quase dois meses para terminar o ano de 2012, Feira já registra 354 homicídios. Em 2011, neste mesmo período foram registrados 312 homicídios.

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) em pronunciamento na Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (08/11/2012), mostrou-se preocupado com a violência em sua cidade natal. “Hoje pela manhã todos os noticiários falavam sobre a violência em São Paulo, agora compare a população de São Paulo com a de Feira de Santana. Na capital paulista foram nove assassinatos e em Feira foram seis assassinatos. Sendo que dentre essas vítimas, dois eram policiais militares, que foram fuzilados”, lamentou.

Geilson ainda cobrou do governador Jaques Wagner (PT) que dispense mais investimentos na área de segurança pública, e em serviços de inteligência. “É por isso, governador, que os deputados de oposição clamam tanto por soluções emergenciais. O Governo Federal, através do secretário da Justiça, José Eduardo Cardoso, tem oferecido a Força Nacional para ajudar o Governo de SP, que ofereça para a Bahia também, pois esse é o estado em que mais se mata na Federação”, frisou o parlamentar.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9605 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).