Deputado denuncia irregularidades na manutenção BR 324, trecho administrado pela VIABAHIA

Vista aérea da BR 324 cruzando com a BR 101. A péssima situação do asfalto da BR-324 foi denunciada mais uma vez pelo deputado estadual Carlos Geilson (PTN) em pronunciamento na Assembleia Legislativa. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Vista aérea da BR 324 cruzando com a BR 101. A péssima situação do asfalto da BR-324 foi denunciada mais uma vez pelo deputado estadual Carlos Geilson (PTN) em pronunciamento na Assembleia Legislativa. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Vista aérea da BR 324 cruzando com a BR 101. A péssima situação do asfalto da BR-324 foi denunciada mais uma vez pelo deputado estadual Carlos Geilson (PTN) em pronunciamento na Assembleia Legislativa. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Vista aérea da BR 324 cruzando com a BR 101. A péssima situação do asfalto da BR-324 foi denunciada mais uma vez pelo deputado estadual Carlos Geilson (PTN) em pronunciamento na Assembleia Legislativa. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)

A péssima situação do asfalto da BR-324 foi denunciada mais uma vez pelo deputado estadual Carlos Geilson (PTN) em pronunciamento na Assembleia Legislativa. O parlamentar relatou que, neste final de semana, ao passar dirigindo pelo trecho, pode sentir de fato o quanto irregular está a pista.

“Se o motorista não tiver atento, ao passar pelas depressões, pelos remendos da pista, acaba perdendo o controle e vai parar no acostamento ou no canteiro central. Será que o grupo governista não está vendo isso? Eu vou dispensar o governador Wagner, já que não anda de carro, só anda de helicóptero…”, questionou Geilson.

O deputado ainda disse que o governador Jaques Wagner deveria cobrar da Agência Nacional de Transportes e Terrestres (ANTT) a fiscalização da concessionária ViaBahia, responsável pelas Brs 324 e 116 sul. “Não é possível que você paga um pedágio e o governo não fiscaliza a qualidade do serviço.

De acordo com o parlamentar, quando você olha parece que o piso está correto, mas quando você passa por lá, principalmente dirigindo percebe que não está. “O trecho Feira – Salvador, nos dois sentidos, está em péssima qualidade. O governo federal vendeu a BR 324 e não fiscaliza, a VIABAHIA [Concessionária de Rodovias S/A.] faz o que quer e bem entende”, afirma Carlos Geilson.

“Quantos acidentes ocorrem na BR-324? Quantos carros capotam por defeito ou saliência no piso? Nós pagamos pedágio e queremos e é nosso direito ter uma estrada de qualidade”, afirmou o parlamentar.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9746 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).