Carlos Geilson critica deputados federais da Bahia que votaram contra a divisão dos royalties

Deputado federal Sérgio Carneiro votou contra os interesses do povo brasileiro. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Deputado federal Sérgio Carneiro votou contra os interesses do povo brasileiro. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Deputado federal Sérgio Carneiro votou contra os interesses do povo brasileiro. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Deputado federal Sérgio Carneiro votou contra os interesses do povo brasileiro. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)

A distribuição dos royalties do petróleo continua rendendo discussões entre os parlamentares. Em pronunciamento nesta quinta-feira (08/11/2012), o deputado estadual Carlos Geilson(PTN) criticou a postura dos onze deputados federais baianos, sendo nove do PT, que votaram contra o projeto do senado, que beneficiaria a Bahia ao aumentar o repasse de verbas para estados e municípios. A bancada baiana é composta por 39 parlamentares.

“O interesse partidário nunca deve estar acima do interesse de um povo, do interesse de uma nação. É importante a fidelidade partidária, desde quando ela não atinja os interesses do nosso município e do nosso estado. E o PT da Bahia mais uma vez deu demonstração de que a vontade do seu partido está acima dos interesses da Bahia”, alfinetou Geilson.

De acordo com estudo da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) divulgado ontem, se sancionada a divisão, a arrecadação das 417 cidades baianas – que pela regra atual foi de R$ 168,3 milhões -, saltaria para R$ 510,4 milhões no próximo ano dentro da nova regra, triplicando o volume de recursos.

“Não é a primeira vez que os petistas baianos votam contra a Bahia. Foi assim também com a Ford. Eu sou deputado de oposição, sou fiel ao meu partido, mas minha fidelidade ao partido jamais estará acima dos interesses da minha cidade e do meu estado. E qualquer que seja o projeto do Governo do Estado, se for para benefício da população, votarei com o governo”, afirmou Carlos Geilson.

O projeto foi aprovado na Câmara na terça-feira (6), por 286 votos a 124. A nova divisão vale para os contratos já existentes e para os que forem assinados em regime de partilha. Aprovado, o texto já seguiu agora para sanção presidencial de Dilma Rousseff.

Segue lista dos deputados que votaram contra o projeto:

Afonso Florence (PT)

Amauri Teixeira (PT)

Emiliano José (PT)

Geraldo Simões (PT)

Josias Gomes (PT)

Luiz Alberto (PT)

Sérgio Barradas Carneiro (PT)

Valmir Assunção (PT)

Waldenor Pereira (PT)

Antonio Brito (PTB)

João Carlos Bacelar (PR)

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108873 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]