Costureira é uma das vencedoras da etapa estadual baiana do Prêmio Mulher de Negócios

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
As três vencedoras do Prêmio: Rita Vieira Santos, Annete Santana e Janete Lainha Coelho.
As três vencedoras do Prêmio: Rita Vieira Santos, Annete Santana e Janete Lainha Coelho.
As três vencedoras do Prêmio: Rita Vieira Santos, Annete Santana e Janete Lainha Coelho.
As três vencedoras do Prêmio: Rita Vieira Santos, Annete Santana e Janete Lainha Coelho.

Quando Annete Santana, de 47 anos, decidiu tornar-se uma costureira profissional, já tinha uma ideia de onde queria chegar, mas talvez não imaginasse o que o futuro lhe reservava. Na noite desta quinta-feira (22/11/2012), Annete tornou-se a primeira Empreendedora Individual a conquistar a etapa estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios. A categoria foi introduzida na edição deste ano. A empreendedora recebeu o troféu das mãos do diretor-técnico do Sebrae Bahia, Lauro Ramos, durante o evento de premiação realizado no Cerimonial Rainha Leonor, em Salvador.

O Prêmio contempla ainda duas categorias: Pequenos Negócios, cuja vencedora foi a empresária de Ilhéus Janete Lainha Coelho, e Negócios Coletivos, conquistada por Rita Vieira Santos, de Salvador. Os troféus foram entregues, respectivamente, pela gestora estadual do Prêmio Mulher de Negócios, Mariza Xavier, e pela coordenadora da Unidade de Atendimento Individual do Sebrae Bahia, Fernanda Gretz. As três vencedoras vão representar a Bahia na etapa nacional e ainda receberão 16 horas de consultoria do Sebrae.

Tornar-se uma costureira sempre foi o sonho de Annete. Quando criança, ela observava a mãe costurar para ela e seus irmãos. Mas, diferente da mãe, Annete queria ser profissional e gerar renda através da costura. “Minha mãe tinha resistência. Não queria que nem eu nem minhas irmãs vivêssemos de costura. Então, fui aprendendo sozinha”, contou.

A empreendedora de Salvador destacou que o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios é uma oportunidade de reconhecimento e já tem planos para o futuro. Além de ampliar o negócio, ela pretende ensinar o ofício de costureira para outras mulheres. “Quero contribuir para a inserção das mulheres no mercado de trabalho”, afirmou Annete.

O diretor-técnico do Sebrae Bahia, Lauro Ramos, destacou que fomentar o empreendedorismo é uma das prioridades da Instituição. “As mulheres vêm se destacando no mundo dos negócios. O aumento de participantes, a cada ano, nesse prêmio evidência a importância do papel da mulher empreendedora”, disse.

A Bahia contou com 475 mulheres inscritas na edição deste ano. Desse total, 24 foram selecionadas para a final da etapa estadual. A vencedora da etapa nacional ganhará uma viagem internacional e será anunciada no dia 8 de março de 2013, Dia Internacional da Mulher. Todas as finalistas receberam certificados de participação, entregues pela coordenadora da Unidade Regional do Sebrae em Salvador, Madalena Seixas, e da assistente da Unidade Regional do Sebrae em Juazeiro, Rosemary Rodrigues.

As mulheres foram as estrelas da noite. Para incentivar ainda mais o empreendedorismo feminino, duas convidadas especiais subiram ao palco para falar com o público presente. A empresária Gilsan Pessoa, proprietária da Escola Kennedy, de Eunápolis, apresentou a história de sucesso do seu empreendimento. Para Gilsan, é fundamental acreditar nos sonhos e, a partir daí, planejar. Nesse aspecto, ela destacou o apoio do Sebrae, que, nas palavras da empresária, exerce um papel importante na orientação para o aprimoramento da gestão. Gilsan conquistou a etapa nacional do prêmio MPE Brasil, em 2009, na categoria educação, e foi contemplada também na fase estadual do Prêmio Mulher de Negócios, em 2011, na categoria Pequenos Negócios.

A especialista em comportamento humano, Denilza Munhoz, deixou também o seu recado sobre o empreendedorismo feminino. Ela destacou que as mulheres representam mais de 50% da força de trabalho no mundo. “Isso mostra que estamos ocupando o nosso espaço”, pontuou.

O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios vem revelando, desde 2004, histórias de superação no ambiente das micro e pequenas empresas da Bahia e do Brasil, administradas por mulheres. O principal objetivo é fomentar o empreendedorismo feminino, fazendo com que outras mulheres, ao ouvirem esses relatos, se motivem a investir no mercado empreendedor. A iniciativa conta com a parceria da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Governo Federal, da Federação das Associações das Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil e da Fundação Nacional da Qualidade.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123355 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.