Companhia aérea GOL compra WEBJET e voos são cancelados

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
A Gol anunciou o encerramento das operações da Webjet em sequência ao processo de aquisição da companhia no ano passado. Dos 1500 funcionários da controlada em julho do ano passado; 850 estão sendo desligados nesta sexta-feira. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
A Gol anunciou o encerramento das operações da Webjet em sequência ao processo de aquisição da companhia no ano passado. Dos 1500 funcionários da controlada em julho do ano passado; 850 estão sendo desligados nesta sexta-feira. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
O representante comercial Glenio Damin diz que teve problemas com troca de vôo.
O representante comercial Glenio Damin diz que teve problemas com troca de vôo.

Após a companhia aérea Gol ter anunciado ontem (23/11/2012) o fim da empresa Webjet, passageiros reclamam de voos cancelados e remarcação sem aviso prévio no Aeroporto Santos Dumont.

“Eu deveria ter saído de Brasília às 14h. Comprei [passagem] de um voo direto Brasília-Rio com saída marcada para as12h. Eles me ligaram no dia anterior, dizendo que meu voo tinha sido cancelado pela Webjet e remarcado para as14h, pela Gol. O voo veio lotado e ainda não me avisaram que não era direto para o Rio, eu acabei indo parar em Vitória, e só cheguei aqui às 16h30. Perdi um compromisso muito importante e tive um prejuízo incalculável,” contou o representante comercial, Glênio Damin.

Para a consultora de vendas, Taíssa Carvalho, que ficou sabendo do cancelamento do voo ao chegar ao aeroporto, falta um posicionamento por parte da Gol no momento de avisar os passageiros das mudanças.

“Eles avisaram que não vão reembolsar a passagem que eu perdi, um absurdo

A Gol anunciou o encerramento das operações da Webjet em sequência ao processo de aquisição da companhia no ano passado. Dos 1500 funcionários da controlada em julho do ano passado; 850 estão sendo desligados nesta sexta-feira. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
A Gol anunciou o encerramento das operações da Webjet em sequência ao processo de aquisição da companhia no ano passado. Dos 1500 funcionários da controlada em julho do ano passado; 850 estão sendo desligados nesta sexta-feira. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)

completo. E ainda queriam remarcar meu voo para as 18h30 no Aeroporto do Galeão. E o tempo que eu já perdi? Era uma viagem de negócios, eu estou deixando de trabalhar por causa dessa bagunça toda”, disse Taíssa.

No site da Webjet, a Gol garante que, com a extinção das operações de voo da empresa recém-adquirida, passará a se responsabilizar pela continuidade dos serviços de transporte aéreo e pela assistência a todos os clientes da Webjet. O atendimento aos clientes passará a ser feito nos balcões da Gol.

O encerramento das atividades da companhia Webjet resultou na demissão de 850 funcionários. Em nota, o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) se disse surpreso com o anúncio das demissões, pois em contato com a Gol nas últimas semanas, a direção da empresa informou que só demitiria em último caso. O sindicato pediu providências ao Ministério do Trabalho.

Na manhã de hoje, cerca de 50 funcionários demitidos da Webjet protestaram em frente à um hotel, no bairro do Flamengo, zona sul do Rio. Eles reivindicam um pronunciamneto da Gol com relação às demissões. A Webjet tinha 1.500 funcionários.

No período da tarde, outro grupo, usando nariz de palhaço, e mostrando cartazes com frases como “Webjet, Extermínio” e “Web, Desemprego”, promoveu um apitaço para alertar a população sobre as demissões na companhia, que foi fechada pela controladora, a Gol.

Aeronautas podem parar em dezembro por reajuste e contra demissões da Webjet

 Os aeronautas podem entrar em greve em dezembro, informou hoje (23) o presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), Gelson Fochesato. Além de ser surpreendido pela extinção da Webjet, anunciada nesta sexta-feira, o sindicato, que representa pilotos e comissário de bordo, reclama que as empresas aéreas não querem conceder reajuste à categoria.

“Vamos vai fazer greve, se for preciso, se a coisa continuar desse jeito”, disse Fochesato. Sem reajuste e com demissões em massa, a categoria terá de tomar uma atitude. “E, se tivermos que fazer [greve], faremos antes do Natal”, disse Fochesato, em entrevista coletiva sobre o fim da Webjet, que resultará em 850 demissões.

Apesar da ameaça de paralisação, Fochesato afastou a possibilidade de greve no período das festas de fim de ano. “O sindicato não vai fazer greve no Natal, nem no Ano-Novo. Isso eu garanto à sociedade brasileira. Mas talvez a aviação pare bem antes do Natal”, admitiu. “As empresas aéreas estão sufocando os trabalhadores do setor. Vamos dar um basta nisso.”

Fochesato diz que falta de transparência no processo de fusão entre a Gol e Webjet, autorizado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) no dia 10 de outubro. A operação resultou no encerramento das atividades da Webjet. “Não foi um processo transparente, tranquilo, de negociação. Foi na madrugada que eles fizeram isso”, reclamou o sindicalista. Para ele, nunca houve intenção de fazer fusão. “Simplesmente assumiram os slots [autorizações de horário para pouso e decolagem em determinado aeroporto] da Webjet e demitiram todos os funcionários.”

O sindicalista teme que a diminuição do número de empresas no setor resulte em aumento no preço das passagens. “Quando ficarem somente duas empresas, elas vão impor o preço que bem entenderem”, disse. Para ele, o Cade deveria ter tido uma atuação mais firme no caso. “O responsável é o Cade, que nunca atuou para evitar esse tipo de coisa.”

De acordo com Fochesato, o SNA está em negociação com o Ministério do Trabalho e espera encontrar uma maneira de rever ter as demissões. Na próxima terça-feira (27), o sindicato participará de audiência no Senado.

No site da Webjet, a Gol informa que dará continuidade aos serviços de transporte aéreo e assistência a todos os clientes da empresa extinta. O atendimento aos clientes passará a ser feito nos balcões da Gol.

*Com informações da Agência Brasil.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113534 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]