ACM Neto convida empresários dos EUA a investir em Salvador

ACM Neto: “Nos dois últimos anos, os norte-americanos foram os turistas estrangeiros que mais visitaram a Bahia, com 12% do total, seguidos pelos franceses, italianos, portugueses, alemães, espanhóis, argentinos, ingleses, chilenos e suíços”. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
ACM Neto: “Nos dois últimos anos, os norte-americanos foram os turistas estrangeiros que mais visitaram a Bahia, com 12% do total, seguidos pelos franceses, italianos, portugueses, alemães, espanhóis, argentinos, ingleses, chilenos e suíços”. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
ACM Neto: “Nos dois últimos anos, os norte-americanos foram os turistas estrangeiros que mais visitaram a Bahia, com 12% do total, seguidos pelos franceses, italianos, portugueses, alemães, espanhóis, argentinos, ingleses, chilenos e suíços”. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
ACM Neto: “Nos dois últimos anos, os norte-americanos foram os turistas estrangeiros que mais visitaram a Bahia, com 12% do total, seguidos pelos franceses, italianos, portugueses, alemães, espanhóis, argentinos, ingleses, chilenos e suíços”. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)

O prefeito eleito ACM Neto afirmou ontem (27/11/2012), em Nova Iorque, nos EUA, que vai criar uma agência para atração de investimentos na capital baiana, chamada de Salvador Negócios. “Vamos buscar o capital privado no mundo oferecendo segurança jurídica e um ambiente onde o investidor reconheça nossa riqueza cultural, natural e todo nosso potencial”, afirmou, em palestra no painel “Brasil 2013: prospectos econômicos e políticos”, que acontece na Sociedade Americana/Conselho das Américas.

No painel, coordenado pelo presidente da Câmara Federal, deputado Marco Maia (PT-RS), Neto, que faz a última viagem oficial como deputado, disse que vai encontrar uma Salvador em dificuldades, com a menor arrecadação per capita do Nordeste. Ele afirmou que pretende tomar medidas duras para organizar a cidade, modernizar a prefeitura e aumentar a arrecadação sem elevar impostos, a exemplo da redução de cargos comissionados e o estabelecimento de um plano de metas. “A avaliação dos secretários e dirigentes de órgãos será trimestral. Vamos buscar a eficiência na gestão”.

Em sua exposição, Neto também salientou que a Copa das Confederações e a Copa do Mundo vão ajudar o Nordeste e Salvador, alavancando a atração de investimentos, sobretudo na área da infraestrutura, dos transportes e turismo. “Em Salvador, temos uma cidade muito dependente do ônibus. O metrô é um desafio. Já temos a primeira etapa do metrô e o governo do estado vai conduzir a ampliação, via PPP (Parceria Público-Privada), ao lado da prefeitura. Estão previstos a construção de mais 30 quilômetros nos próximos anos na cidade, além de outros investimentos viários, graças aos dois eventos esportivos”, contou.

“Uma pesquisa feita por entidades turísticas e empresariais para avaliar o potencial de Salvador durante a Copa das Confederações e Copa do Mundo revela que a cidade é a quarta sede mais conhecida, depois do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília”, acrescentou democrata. ACM Neto lembrou que Salvador é o principal destino turístico da Bahia e tem atraído o turista dos EUA. “Nos dois últimos anos, os norte-americanos foram os turistas estrangeiros que mais visitaram a Bahia, com 12% do total, seguidos pelos franceses, italianos, portugueses, alemães, espanhóis, argentinos, ingleses, chilenos e suiços”.

O objetivo do painel foi discutir os desafios brasileiros para o próximo ano em setores diversos, incluindo política industrial e de desenvolvimento, inovação e as recentes alterações na legislação. Além de Neto, também participaram o vice-presidente da Baskem, Marcelo Lyra, e o secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Alessandro Teixeira.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109913 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]