Vereador Marialvo Barreto promove audiência pública para debater os efeitos da seca na região de Feira de Santana

Vereador Marial Barreto promove audiência pública para debater os efeitos da seca na região de Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vereador Marial Barreto promove audiência pública para debater os efeitos da seca na região de Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vereador Marial Barreto promove audiência pública para debater os efeitos da seca na região de Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Vereador Marial Barreto promove audiência pública para debater os efeitos da seca na região de Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)

A Câmara de Feira de Santana vai realizar nesta quinta-feira (25/10/2012) uma audiência pública para debater a crise gerada pela seca na região.

O encontro, previsto para as 9h30min, no plenário da Casa da Cidadania, é promovido por iniciativa da Comissão de Meio Ambiente, Direitos Humanos e Defesa do Consumidor.

O presidente da Comissão, Marialvo Barreto, está convidando autoridades municipais, estaduais e federais para participar do debate.

São esperados representantes das secretarias municipais de Agricultura e de Meio Ambiente, dirigentes da Cerb, Embasa, Estação Climatológica da Universidade Estadual de Feira de Santana e Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Marialvo informa que estudantes de nível superior que estejam presentes à audiência pública vão receber certificado correspondente a duas horas e meia como participante do evento. O documento pode ter valor acadêmico como atividade complementar dos alunos.

Secretário disse que não tem como resolver nada em relação à seca na zona rural, afirma Roque Pereira 

Uma comissão formada pelos vereadores Roque Pereira, Alcione Cedraz e David Neto esteve recentemente com o secretário de Agricultura e Recursos Hídricos de Feira de Santana, Josafá Ramos Dantas.

O objetivo da comissão, criada pelo presidente do Poder Legislativo, o vereador Ribeiro, era de apurar junto ao secretário, conhecido como Tutinho, quais medidas estão sendo adotadas pelo Município visando ao combate aos efeitos da seca na zona rural.

Segundo Roque Pereira, o secretário foi “muito irônico” com a comissão. “Ele declarou que não tinha como resolver nada”, disse o vereador, em discurso nesta quarta-feira (24) na Câmara.

Tutinho teria dito que  a Prefeitura contava com três carros pipa abastecendo os oitos distritos e mais três que pertenciam ao 35º Batalhão de Infantaria.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9605 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).