Vereador feirense Marialvo Barreto desabafa: “só apertaram a minha mão os amigos do ‘baixo clero’ do PT”

"Fazer a disputa não foi fácil. A cada eleição precisa-se de mais recursos para a campanha. Não deu, mas estou na 1ª suplência, e agradeço muito aos 2228 eleitores que acreditaram no nosso comportamento ético e na forma de fazer política. Desejo sucesso aos três vereadores eleitos do PT, Pablo Roberto, Beldes e Nery. Um abraço, e muito obrigado.", comentário de Marialvo no Facebook.
"Fazer a disputa não foi fácil. A cada eleição precisa-se de mais recursos para a campanha. Não deu, mas estou na 1ª suplência, e agradeço muito aos 2228 eleitores que acreditaram no nosso comportamento ético e na forma de fazer política. Desejo sucesso aos três vereadores eleitos do PT, Pablo Roberto, Beldes e Nery. Um abraço, e muito obrigado.", comentário de Marialvo no Facebook.
"Fazer a disputa não foi fácil. A cada eleição precisa-se de mais recursos para a campanha. Não deu, mas estou na 1ª suplência, e agradeço muito aos 2228 eleitores que acreditaram no nosso comportamento ético e na forma de fazer política. Desejo sucesso aos três vereadores eleitos do PT, Pablo Roberto, Beldes e Nery. Um abraço, e muito obrigado.", comentário de Marialvo no Facebook.
“Fazer a disputa não foi fácil. A cada eleição precisa-se de mais recursos para a campanha. Não deu, mas estou na 1ª suplência, e agradeço muito aos 2228 eleitores que acreditaram no nosso comportamento ético e na forma de fazer política. Desejo sucesso aos três vereadores eleitos do PT, Pablo Roberto, Beldes e Nery. Um abraço, e muito obrigado.”, comentário de Marialvo no Facebook.

O vereador Marialvo Barreto, em seu discurso nesta segunda-feira (08/10/2012), na sessão legislativa, destacou o crescimento da chapa do Partido dos Trabalhadores para a 17ª legislatura da Câmara Municipal de Feira de Santana, com a eleição de Pablo Roberto (PT), Alberto Nery (PT), Beldes (PT), Edvaldo Lima (PP).

“Saímos de dois vereadores petistas para três. Quero desejar a esses companheiros que possam fazer um mandato melhor do que eu fiz”, declarou, argumentando que é dever do sucessor superar o trabalho do antecessor. “Quando o aluno supera o mestre a sociedade cresce”.

Com 2.228 votos, Marialvo não conseguiu sua reeleição, ficando na 1ª suplência da coligação PT/PP/PCdoB. “Não estou de forma nenhuma chateado, porque a sociedade de Feira de Santana já me deu dois mandatos de vereador e, agora, sou o 1º suplente”, assinalou.

O petista afirmou que, após o resultado final da apuração dos votos de vereador, ligou para os companheiros de partido para parabenizá-los, mas não conseguiu o contato.

Marialvo reclamou que a única coisa que lhe deixou triste foi o fato de nenhum membro da Executiva do PT telefonar para prestar solidariedade a ele. “Só apertaram a minha mão os amigos do ‘baixo clero do PT’”, queixou-se.

Oposição

Ele ressaltou que foram eleitos sete vereadores de oposição ao governo Ronaldo, “mas eu acho que esta noite só dormiram cinco vereadores de oposição”, disse o petista, desconfiando que dois passarão para a bancada governista.

Em sua opinião, Feira de Santana só tem a ganhar com o trabalho da oposição. Ele afirmou que continuará até o último dia do seu mandato de vereador defendendo os interesses comunitários e municipais.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108026 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]