Lulinha agradece aos eleitores e denuncia perseguição política e compra de votos durante as eleições 2012 em Feira de Santana

Lulinha disse que nunca viu, no município, “tanta gente nas ruas fazendo boca de urna como aconteceu este ano. A gente viu falar que 50 e até 100 reais rolaram em Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Lulinha disse que nunca viu, no município, “tanta gente nas ruas fazendo boca de urna como aconteceu este ano. A gente viu falar que 50 e até 100 reais rolaram em Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Lulinha disse que nunca viu, no município, “tanta gente nas ruas fazendo boca de urna como aconteceu este ano. A gente viu falar que 50 e até 100 reais rolaram em Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Lulinha disse que nunca viu, no município, “tanta gente nas ruas fazendo boca de urna como aconteceu este ano. A gente viu falar que 50 e até 100 reais rolaram em Feira de Santana. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) – Jornal Grande Bahia)

Em um discurso marcado pela emoção, o vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha agradeceu a sua família, lideranças, assessores, amigos e demais eleitores pelo empenho durante a campanha e pela votação que obteve na eleição 2012.

Apesar de não ser reeleito, ele disse que continuará lutando pelo desenvolvimento de Feira de Santana e bem estar da população.

“Nós não perdemos, eu tenho certeza disso, porque eu trabalhei, fiz projetos de lei, lutei por vocês e vou continuar lutando; não vou fraquejar”, afirmou.

Na oportunidade, Lulinha disse que nunca viu, no município, “tanta gente nas ruas fazendo boca de urna como aconteceu este ano. A gente viu falar que 50 e até 100 reais rolaram em Feira de Santana, mas a Justiça Eleitoral não fez nada para conter esse dinheiro que rolou na madrugada em todos os distritos e bairros da cidade”.

O vereador acrescentou que sofreu perseguição em todos locais que ele tem representatividade. “Conseguiram tirar alguns votos, mas não tiraram todos, porque eu tive 3.419 votos”, disse.

Lulinha ressaltou que perdeu a eleição, mas está feliz porque o seu candidato a prefeito José Ronaldo ganhou e “vai trabalhar em prol do progresso de Feira de Santana”, pontuou.

Sobre Carlos Augusto 9524 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).