Eleições 2012 em Vitória da Conquista | O petista Guilherme é reeleito prefeito

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Guilherme Menezes (PT) foi reeleito prefeito de Vitória da Conquista, com 56,28% dos votos válidos (91.072).
Guilherme Menezes (PT) foi reeleito prefeito de Vitória da Conquista, com 56,28% dos votos válidos (91.072).

Com 100% das urnas apuradas, o candidato Guilherme Menezes (PT) foi reeleito prefeito de Vitória da Conquista, com 56,28% dos votos válidos (91.072). Herzem Gusmão (PMDB) ficou com 43,72% dos votos válidos (70.760). Os votos brancos somam 1,25% (2.122) e os nulos, 3,09% (5.236). A abstenção está em 21,42% (46.109 votos).

Sexta maior economia do estado, com Produto Interno Bruto (PIB) estimado em R$ 3,1 bilhões, Vitória da Conquista tem 306 mil habitantes, de acordo com o censo 2010 do Instituto Brasileiro de Economia e Estatística (IBGE), e cerca de 215 mil eleitores aptos a votar, conforme dados do Superior Tribunal Eleitoral (TSE).

A economia local é majoritariamente baseada no setor de serviços, que gera R$ 2,2 bilhões em receitas. Anualmente, Vitória da Conquista recebe R$ 47,5 milhões do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Segundo dados do último censo do IBGE, a rede de saúde municipal conta com 199 unidades e 102 leitos para internação de pacientes. Na rede escolar municipal, foram matriculados no ensino fundamental 29,3 mil alunos e na pré-escola 3,7 mil.

Sobre Carlos Augusto 9661 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).