Eleições 2012 – Salvador: ACM Neto questiona Nelson Pelegrino sobre fim do Bolsa Família e petista foge da pergunta

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
ACM Neto: “Candidato Nélson Pelegrino, a verdade precisa ficar estabelecida, responda: se eu for eleito, o Bolsa Família está ou não garantido?”,
ACM Neto: “Candidato Nélson Pelegrino, a verdade precisa ficar estabelecida, responda: se eu for eleito, o Bolsa Família está ou não garantido?”,
ACM Neto: “Candidato Nélson Pelegrino, a verdade precisa ficar estabelecida, responda: se eu for eleito, o Bolsa Família está ou não garantido?”,
ACM Neto: Candidato Nélson Pelegrino, a verdade precisa ficar estabelecida, responda: se eu for eleito, o Bolsa Família está ou não garantido?”
ACM Neto: “Caetano é uma das figuras mais respeitadas do Brasil. Todo mundo sabe das diferenças dele com o senador (Antonio Carlos Magalhães). Mas o que vale agora é o melhor para Salvador. Acho que a declaração dele reflete isso”
ACM Neto: Caetano é uma das figuras mais respeitadas do Brasil. Todo mundo sabe das diferenças dele com o senador (Antonio Carlos Magalhães). Mas o que vale agora é o melhor para Salvador. Acho que a declaração dele reflete isso.

O candidato ACM Neto, da coligação “É Hora de Defender Salvador”, aproveitou o debate da TV Bandeirantes para frente a frente com o adversário Nélson Pelegrino esclarecer os boatos que vem sofrendo, durante a campanha, de que acabaria com o Bolsa Família, no caso de eleitor.

“Candidato Nélson Pelegrino, a verdade precisa ficar estabelecida, responda: se eu for eleito, o Bolsa Família está ou não garantido?”, perguntou o democrata. O adversário petista, por sua vez, fugiu da pergunta, saindo pela tangente numa demonstração de covardia e descompromisso com a verdade, comportamento que marcou a atuação do petista durante todo o debate.

A falta de coragem em responder aos questionamentos de Neto refletiu na avaliação negativa de Nélson Pelegrino nas redes sociais. A atuação do petista no debate chegou a ser um dos assuntos mais comentados (trend topics) negativamente no twitter por causa do mau desempenho e sua covardia em não responder às perguntas.

Em contrapartida, ACM Neto obteve quatro vezes mais volume de menções positivas nas redes sociais, de apoio e parabenização, por sua postura firme e propositiva. Diante da omissão de Pelegrino, o candidato democrata não desperdiçou a oportunidade de desmentir os boatos, esclarecendo que nem a presidente Dilma Roussef pode acabar o Bolsa Família, porque o programa social está na lei.

Neto ainda comunicou que, está nos seus planos de governo, a ampliação do cadastro do programa social para que mais famílias de Salvador sejam beneficiadas. Lembrou que o Bolsa Família é resultado da criação do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza, um projeto de lei de autoria de seu avô, o senador Antonio Carlos Magalhães.

O candidato democrata afirmou que sua candidatura nasceu nas ruas de Salvador, pela vontade do povo. Lembrou que, no futebol, time que está ganhando não se mexe, mas, quando perde, a mudança se faz necessária. “É o que acontece hoje na Bahia, o time de Pelegrino está perdendo o jogo contra a violência, o caos na saúde, no trânsito e no transporte, além da educação que se tornou uma das piores do País”.

As derrotas da Bahia, com o time do PT, segundo Neto, se dão também na perda do protagonismo do estado na Região Nordeste. “Outros estados, como Pernambuco, estão crescendo mais do que a Bahia, que sempre foi a locomotiva do Nordeste. Está na hora de mudar o time. Ganhei o primeiro turno, estou preparado e vou devolver o respeito e o brilho ao povo de Salvador”.

Quando questionou Pelegrino sobre o fracasso de sua gestão como secretário estadual de justiça e coordenador do programa de segurança do estado, Neto novamente ficou sem resposta do petista, que não cumpriu as metas que prometera. “A violência só fez crescer na Bahia ao contrário do que prometera Pelegrino”.

Ao ser perguntado pelo adversário sobre a situação da saúde pública municipal, Neto não se escondeu e disse que nunca indicou ninguém para secretário da saúde, ao contrário de Pelegrino que colocou no cargo o médico Luiz Eugênio Portela e o PT ainda um outro segundo secretário.No caso da gestão de Luiz Eugênio, o candidato democrata destacou que o Ministério Público investiga desvios da ordem de R$ 81 milhões e a secretaria foi parar nas páginas policiais.

ACM Neto encerrou a sua participação, agradecendo a vitória no primeiro turno e convidando os eleitores dos candidatos eliminados Mário Kertész e Marcio Marinho a assistirem seus programas para conhecerem suas propostas de governo. Expôs propostas como as Prefeituras-Bairro, a Secretária de Ordem Pública e Prevenção à Violência, os Multicentros, ampliação do número de creches e do esforço que pretende fazer para elevar a qualidade da educação municipal.

“O povo de Salvador vai voltar a ter orgulho de sua cidade, por isso precisa continuar sem medo e ouvindo o coração. Vamos fazer a mudança acontecer”, finalizou Neto.

ACM Neto diz na Band que Caetano deixou “baianidade” falar mais alto 

ACM Neto, que disputa a prefeitura de Salvador pela coligação “É hora de defender Salvador” (DEM, PSDB, PPS, PV e PTN), disse agora há pouco, na chegada ao debate da Band Bahia, que o cantor e compositor Caetano Veloso “deixou a baianidade falar mais alto” quando declarou apoio a sua candidatura.

“Caetano é uma das figuras mais respeitadas do Brasil. Todo mundo sabe das diferenças dele com o senador (Antonio Carlos Magalhães). Mas o que vale agora é o melhor para Salvador. Acho que a declaração dele reflete isso”, disse ACM Neto.

“Ele ama essa cidade, como eu também amo. Por isso, não está satisfeito com o que está acontecendo com a Bahia e com Salvador. Assim como muitos soteropolitanos, ele quer a mudança de verdade, quer um novo rumo para a cidade”, acrescentou.

Anteontem, o compositor declarou sua preferência por ACM Neto em conversa com jornalistas após um show em homenagem a Ulysses Guimarães, em Brasília (DF). “Eu prefiro que ele (Neto) ganhe. Logo eu, que passei a vida inteira me opondo ao avo dele”.

Debate – ACM Neto chegou na Band Bahia para o debate de logo mais, às 22h15. Ele chegou acompanhado da vice Célia Sacramento (PV), do ex-governador Paulo Souto, do deputado federal Antonio Imbassahy, do presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia, e do ex-ministro Geddel Vieira Lima.

Em entrevista à imprensa, Neto afirmou que espera um debate propositivo, mas “quente”. “Como são apenas dois candidatos, é natural que os debates sejam mais quentes do que no primeiro turno. Mas eu vou procurar apresentar minhas propostas para a cidade e mostrar a diferença entre a minha candidatura e a de meu adversário”, afirmou ACM Neto.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121582 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.