Eleições 2012 em Salvador | Protestando contra cortes nos horários eleitorais, ACM Neto promete ir ao TSE contra Justiça baiana

ACM Neto, candidato do DEM diz que é prejudicado por decisões contra os programas eleitorais.
ACM Neto, candidato do DEM diz que é prejudicado por decisões contra os programas eleitorais.
ACM Neto, candidato do DEM diz que é prejudicado por decisões contra os programas eleitorais.
ACM Neto, candidato do DEM diz que é prejudicado por decisões contra os programas eleitorais.

Jornal O Globo publicou matéria de Paulo Celso Pereira, hoje (04/10/2012), onde é abordada a sucessão ao paço municipal soteropolitano. Na matéria, ‘ACM Neto promete ir ao TSE contra Justiça Eleitoral baiana’, é expressa a indignação de Neto com relação à Justiça Eleitoral da Bahia.

Confira a matéria

O líder do DEM e candidato a prefeito de Salvador, ACM Neto, afirmou na manhã desta quinta-feira que vai procurar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na próxima semana para pedir que seja feito um acompanhamento das decisões da Justiça Eleitoral baiana. Apontado na pesquisa Ibope da semana passada como segundo colocado na disputa, logo atrás de Nelson Pelegrino (PT), ACM Neto diz estar sendo prejudicado por decisões da Justiça contra seus programas eleitorais na televisão.

— Estou muito preocupado com o que está acontecendo na Justiça Eleitoral da Bahia. Ontem, por exemplo, cassaram parte do nosso programa eleitoral. Hoje, até agora estamos fora do ar. Estamos tentando uma cautelar no TRE para rever essa decisão absurda. Mas me parece muito estranho. Primeiro porque a campanha de Pelegrino usa quase metade do tempo para me bater, me agredir, me atacar. Não sai do ar e eu não ganho direito de resposta. Agora, na hora em que eu faço uma crítica ao mensalão, eles me tiram do ar. Último dia de (campanha televisiva para) eleição e eu estou fora do ar — protestou.

Neto fez a reclamação no fim de uma caminhada no bairro Pau Miúdo, em uma área popular da cidade. ACM Neto foi o único entre os principais candidatos à disputa a ter eventos públicos hoje. Os demais passaram o dia em reuniões com suas equipes para se prepararem para o debate da Rede Bahia, afiliada da TV Globo no estado, marcado para a noite desta quinta-feira. Desde o início da campanha eleitoral, integrantes da campanha de ACM Neto vinham queixando-se reservadamente sobre uma suposta parcialidade nas decisões, mas é a declaração desta manhã foi a mais incisiva do candidato.

— Vou chamar atenção do TSE sobre o que está acontecendo aqui. Porque acho que a Justiça Eleitoral da Bahia está tendo pesos e medidas desiguais. Acho que enfrentar o PT e seu poderio faz parte do processo político. Agora, enfrentar a Justiça não dá — atacou.

Indagado se o quadro não seria semelhante ao que os opositores de seu avô, Antonio Carlos Magalhães, enfrentavam na época em que os carlistas estavam no poder, Neto ironizou:

— Eu nunca vivi esse momento de domínio, porque quando entrei na política já entrei na oposição. Então, só sei o que é roer o osso.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9616 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).