Eleições 2012 em Feira de Santana | Com quatro candidatos a prefeito e 386 candidatos a vereador, população decide quem a representa e governa

Estado Brasileiro, Sistema Político.
Estado Brasileiro, Sistema Político.
Estado Brasileiro, Sistema Político.
Estado Brasileiro, Sistema Político.

Amanhã (07/10/2012) ocorrem às eleições 2012, oportunidade em que a população, de forma livre, soberana e democrática escolhe os partidos e as pessoas que vão representa-las e governa-las. Se para alguns é algo de pouco valor. Para muitos é a oportunidade de verem implementas políticas que melhorem a qualidade de vida das comunidades em que habitam.

Neste pleito, serão escolhidos: prefeito, vice e vereador. Diferente do que pensam alguns, a primeira escolha recai sempre sobre o partido. Então o eleitor deve se perguntar:

Quero partidos que estejam vinculados às questões sociais, ou partidos vinculados às questões econômicas, ou, qual programa de partido melhor se adéqua à forma que penso?

Quais programas de governo melhor atendem as necessidades da comunidade onde vivo?

Em seguida, o eleitor deve observar:

Quais nomes podem implantar o melhor conjunto de propostas apresentadas?

Na escolhe de um vereador, deve-se avaliar como ele pode contribuir na fiscalização do gasto público, e na defesa dos interesses da coletividade. Mais importante do que elaborar Leis e distribuir comendas, o vereador deve cobrar a execução adequada do orçamento público, fiscalizar e cobrar do prefeito os investimentos necessários à melhoria da qualidade de vida da comunidade.

Na questão ética, deve avaliar a trajetória do político, e se mantém parentes em cargos de confiança, nas esferas de poder, executivo, legislativo ou judiciário?

Estado Brasileiro, Sistema Político.
Estado Brasileiro, Sistema Político.

Sociedade política

Vivemos em uma sociedade política. Ou seja, todo o processo social é regido por conjuntos de normas, estabelecidas em Lei, que nos fazem agir enquanto seres sociais. Se não fossem o conjunto de Leis, estaríamos em estado de natureza.

É comum ouvir que política e político não prestam. Julgamento vulgar, análise superficial. Se política é viver em sociedade, significa dizer que viver em sociedade não presta. E se político não presta, é porque o povo também não presta. Pois, até eleitos, diplomados e empossados, o político é o homem comum, elevado a condição de governante ou representante, e quando fora do poder, por mais importante que tenha sido o cargo que exerceu, ele volta a condição de povo.

Escolher um prefeito de um grupo político e votar em um vereador de outro grupo político é uma forma de manter tensionadas as relações de poder. Levando o gestor municipal a negociar com os edis as ações de governo. Por outro lado, elegendo uma bancada de apoio ao governante à tensão desaparece, a oportunidade de verem denúncias de atos que não beneficiam a comunidade diminui.

Outro aspecto a observar, é que com um poder legislativo com significativo número de opositores, o programa de governo é alterado para adequar-se as propostas dos vereadores de oposição. O poder executivo é, em certa medida, compartilhado com o legislativo, aumentando as chances de participação popular nas ações do executivo.

Candidatos

Em Feira de Santana concorrem ao cargo de prefeito e vice:

Jhonatas Lima Monteiro e Marcos Adoniram Lemos Monteiro

(50 – Partido Socialismo e Liberdade)

Jose Cerqueira de Santana Neto e Eliana Maria Santos Boaventura

(13 – Um novo caminho para Feira – PP / PT / PSB / PC do B)

José Ronaldo de Carvalho e Luciano Ribeiro Santos

(25 – Coligação o Trabalho vai voltar – PTB / PMDB / PSL / PTN / PSC / PPS / DEM / PSDC / PHS / PMN / PV / PRP / PSDB / PT do B)

Tarcizio Suzart Pimenta Junior e Antonio Francisco Neto

(12 – Pra feira crescer muito mais – PRB / PDT / PR / PRTB / PTC / PSD)

Candidatos a vereador

Confira a relação dos candidatos a vereador aptos para as eleições 2012.

Observe que alguns nomes estão indeferidos com recurso. O que significa dizer que os votos serão computados e só serão validados caso o recurso seja aceito. De forma contrária, os vereadores que perderem os recursos terão os votos computados anulados.

Leia +

Eleições 2012 na Bahia | Saiba o local onde deve se dirigir para votar

Sobre Carlos Augusto 9707 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).