Cultura com qualidade elevada – 13 e 14 de outubro são os últimos dias do Festival Nacional de Teatro Infantil de Feira de Santana

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Palhaço Biribinha - FENATIFS Edição Especial 2012.
Palhaço Biribinha - FENATIFS Edição Especial 2012.
Palhaço Biribinha - FENATIFS Edição Especial 2012.
Palhaço Biribinha – FENATIFS Edição Especial 2012.

A partir do feriado do dia 12 até o dia 14 de outubro 2012 o público de Feira de Santana e cidades vizinhas terão diversão garantida com a programação do FENATIFS – Festival Nacional de Teatro Infantil de Feira de Santana que realizará apresentações gratuitas e  a preços populares, além de  oficinas recreativas e de formação nos teatros e na praça Bernardino Bahia. O FENATIFS é realizado pela Cia Cuca de Teatro, em parceria institucional com a Universidade Estadual de Feira de Santana através do Centro Universitário de Cultura e Arte – CUCA. Na Edição especial de 2012 o festival conta com a parceria do Circuito Cultural Belgo Bekaert, através da participação dos grupos mineiros Kabana e Terceira Margem (MG). O Festival que começou no dia 05 (sexta) encerra suas atividades no dia 14 (domingo) às 18h no C. C. Amélio Amorim. Confira a programação e participe:

As apresentações do espetáculo “Os Olhos do Surubim Rei” no C. C. Amélio Amorim continuam também no final de semana dos dias 13 e 14 nos seguintes horários: 15:00h,16:30h e 18:00h. Paralelo as apresentações do C. C. Amélio Amorim, acontece no dia 13, às 10:00h na praça Bernardino Bahia,  o Encontro de artistas, uma celebração e reunião de artistas na praça, um momento de interação  com o público. A tarde no horário das 13:00h às 17:00h será realizado no CUCA a oficina de Maquiagem com a atriz e educadora Neide Kocca.  E no dia 14 (domingo) também acontece a apresentação do espetáculo “Fábulas Fabulosas” do grupo Cabriola Cia de teatro  às 10:30h no Teatro do CUCA.  Fundindo os elementos do lúdico e do pedagógico, o espetáculo conta histórias protagonizadas por animais que possuem características humanas, ao mesmo tempo em que distraem o espectador, ilustram experiências e vivências próprias dos seres humanos. O texto segue a estrutura da literatura de cordel e para contar as histórias os atores utilizam-se das técnicas de máscaras, fantoche e danças folclóricas como o “Cavalo Piancó”. A duração do espetáculo é 50 minutos, a classificação é livre e o ingresso é a preço popular no valor de R$ 8,00 (Meia Promocional para adultos)  – SOMENTE PARA ESSA APRESENTAÇÃO.  Além de assistirem o espetáculo que começa as 10:30h, as crianças  podem chegar mais cedo ao espaço do CUCA que estará aberto a partir das 09 horas com  oficinas de circo para crianças que poderão vivenciar as técnicas do malabares, contorção, acrobacia, perna de pau e arame que serão ministradas pelos Aprendizes do Ponto de Cultura “Cultura Mais Circo”.

Sobre Carlos Augusto 9657 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).