Com atendimento em Feira de Santana, SAC Educação completa três anos

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Osvaldo Barreto visita unidade localizada no Instituto de Cacau, no Comércio, às 10h30, em Salvador.
Osvaldo Barreto visita unidade localizada no Instituto de Cacau, no Comércio, às 10h30, em Salvador.
Osvaldo Barreto visita unidade localizada no Instituto de Cacau, no Comércio, às 10h30, em Salvador.
Osvaldo Barreto visita unidade localizada no Instituto de Cacau, no Comércio, às 10h30, em Salvador.

Na segunda-feira (15/10), Dia do Professor, o SAC Educação de Salvador completa três anos de atividade. O secretário da Educação do Estado da Bahia, Osvaldo Barreto, visita unidade localizada no Instituto de Cacau, no Comércio, às 10h30, em Salvador.

O SAC Educação é uma parceria das secretarias da Educação e Administração, a partir da experiência exitosa do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). A iniciativa é mais um compromisso do Governo da Bahia pela valorização e respeito aos servidores, especialmente aos professores.

No SAC Educação, os servidores tratam dos assuntos relacionados à sua vida funcional num ambiente adequado, com confiabilidade e agilidade da informação.  No local, os servidores podem obter informações, dar entrada e acompanhar processos funcionais, como aposentadoria, abono permanência, adicional por tempo de serviço e licenças gestante e prêmio, entre outros.

Feira de Santana – Desde o último dia 29 de agosto, os professores da rede estadual da região de Feira de Santana também estão contando com o SAC Educação. O serviço está atendendo aos 27 municípios que compõem a Diretoria Regional de Educação de Feira de Santana (Direc 2).

SERVIÇO: 

SAC Salvador

Av. da França, Instituto de Cacau, 1º andar

Aberto de segunda a sexta, das 7h às 17h

SAC Feira de Santana

Rua Vasco Filho, Centro. Ao lado do Terminal Rodoviário

Aberto de segunda a sexta, das 7h às 18h

Sobre Carlos Augusto 9611 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).