Cinco aplicativos que todo jornalista deve ter em seu smartphone

Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Segundo Robert Hernandez, a ferramenta mais importante que um jornalista pode ter hoje dia talvez seja seu smartphone.

“São câmaras fotográficas, vídeo, gravadores, máquinas de escrever e sistemas para administrar e publicar conteúdo – tudo dentro do seu bolso”, disse Hernandez, professor adjunto da Escola de Comunicação e Universidade de Southern California e especialista em jornalismo digital.

Hernandez será o instrutor de um webinário de duas horas de duração intitulado “Mobilidade + Jornalismo”, que será oferecido pelo Centro Knight para o Jornalismo nas Américas no dia 23 de outubro de 2012, às 11h (horário de Austin, Texas – clique aqui para ver a hora correspondente en sua cidade). As inscrições estão abertas.

Hernandez sugere cinco aplicativos com os quais o jornalista deve contar:

1. Um aplicativo para arquivar e acessar suas informações de qualquer lugar. Para o jornalista que está em constante movimento, trabalhando com diferentes tipos de equipamentos e a partir de vários computadores, Hernandez acredita que ter acesso à informação de qualquer lugar é fundamental.

Segundo ele, há diversos aplicativos, mas utiliza o Evernote, programa que permite arquivar documentos PDF, áudio e imagens na nuvem. O Evernote pode ser usado tanto em computadores como smartphones e tablets e a partir de qualquer navegador de internet.

2. Uma aplicativo para editar fotos. Para Hernandez, os jornalistas devem assumir cada vez cada vez mais a responsabilidade não de apenas fazer as imagens, mas melhora-las.

“Suas fotos devem estar prontas para serem publicadas”. disse.

Hernandez sugere um aplicativo que permita recortar, ajustar o brilho e fazer outros tipos de modificações pelo smartphone. Há diversas opções, mas ele utiliza a versão móvel do Adobe Photoshop, simplesmente porque já é o programa que utiliza em seu computador.

3. Uma aplicativo para administrar redes sociais. Hernandez disse que é importante se manter conectado às redes sociais –seja para enviar atualizações ou acessar informações.

Tomando o Twitter como exemplo, Hernandez explicou que há diversas opções para administrar uma ou várias contas nessa rede social – muitas delas gratuitas – mas, ao escolher uma, Hernandez recomendar avaliar quatro questões: que seja fácil checar as novidades no feed; buscar informações; publicar fotos, links e atualizações e receber notificações quando alguém te mencionar em um tweet ou mandar uma mensagem direta.

Hernandez utiliza o Echofon por seu design, fácil navegação e carregamento rápido, mas salientou tratar-se de uma escolha pessoal.

4. Uma aplicativo para acessar seu sistema de administração de conteúdos. Hernandez não recomenda um serviço específico porque cada veículo ou jornalista independente usa uma variedade de Content Management Systems (CMS) (WordPress é um dos mais comuns). O importante é verificar quais aplicativos estão disponíveis para seu smartphone. O objetivo é poder criar, editar, publicar e, em alguns casos, compartilhar e discutir o conteúdo com seu editor à distancia.

5. Uma aplicativo para fazer transmissões ao vivo. Aplicativos como o Ustream tornam fácil fazer vídeos e distribuir as imagens em um site a partir de um smartphone, comentou Hernandez.

“Há outras aplicativos, mas o Ustream permite usar um smartphone para facer links ao vivo sem a necessidade de qualquer equipamento especial”, disso. “’É gratuito e bastante poderoso”.

Esses aplicativos são apenas a ponta do iceberg, disse Hernandez. No webinário, Hernandez falará de outras novas tecnologias móveis, como ferramentas para capturar panorâmicas e criar mapas interativos, entre outras coisas.

“Essa é uma área em crescimento que claramente transformará em um padrão no jornalismo”, disse.

*Com informações do Centro Knight.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108703 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]