Papa Bento XVI nomeia brasileiro para Academia Pontifícia das Ciências do Vaticano

O professor e pesquisador da USP de São Carlos, Vanderlei Salvador Bagnato, foi eleito membro da Academia Pontifícia das Ciências do Vaticano.
O professor e pesquisador da USP de São Carlos, Vanderlei Salvador Bagnato, foi eleito membro da Academia Pontifícia das Ciências do Vaticano.

O professor e pesquisador da USP de São Carlos, Vanderlei Salvador Bagnato, foi eleito membro da Academia Pontifícia das Ciências do Vaticano. Bagnato receberá das mãos de Bento XVI a insígnia de membro da academia no próximo dia 7 novembro de 2012.

A Academia Pontifícia das Ciências é de âmbito internacional e foi criada em 1603 em Roma. Possui seis grandes áreas de atuação: ciência fundamental, ciência e tecnologia de problemas globais, ciência para os problemas do mundo em desenvolvimento, política científica, bioética e epistemologia.

O pesquisador Vanderlei Bagnato concluiu o doutorado em Física na Massachusetts Institute of Technology em 1987, coordena o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Óptica e Fotônica, programa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq),e é professor titular da Universidade de São Paulo. Publicou 368 artigos em periódicos especializados e 1.062 trabalhos em eventos. Possui 18 capítulos de livros e 5 livros publicados.

*Com informações do G1.

Sobre Carlos Augusto 9459 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).