Museu Casa do Sertão expõe brinquedos populares em Feira de Santana

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Museu Casa do Sertão pode ser visitado na sede da Universidade Estadual de Feira de Santana.
Museu Casa do Sertão pode ser visitado na sede da Universidade Estadual de Feira de Santana.
Museu Casa do Sertão pode ser visitado na sede da Universidade Estadual de Feira de Santana.
Museu Casa do Sertão pode ser visitado na sede da Universidade Estadual de Feira de Santana.

Oficinas, contação de histórias, cantigas de roda e exibição de filmes são algumas das atividades programadas pelo Museu Casa do Sertão, localizado no campus da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uesf), para comemorar o mês da criança. A partir da próxima segunda-feira (101/10/2012) até do dia 16 de outubro, os visitantes poderão apreciar também a tradicional exposição de brinquedos populares que, em 2012, atinge a sexta edição.

Desconhecidos das crianças de hoje, os brinquedos do passado estão expostos na Sala de Artesanato Crispina dos Santos. “Trata-se de um espaço lúdico, onde a imaginação infantil pode ser incentivada”, afirma Cristiana Barbosa, diretora do museu.

Criatividade

A exposição consta de 300 peças do acervo permanente do museu, como pipas, carrinhos de latas e de madeira de diversos tamanhos, bonecas, bolas de gude e de meia, pernas de pau, bruxinhas confeccionadas com sobras de tecido, panelinhas de barro, entre outros. A programação propõe valorizar as brincadeiras de infância, reacendendo um imaginário perdido devido ao fácil acesso aos modernos brinquedos eletrônicos, que dispensam a criatividade e a diversão coletiva e espontânea. “As brincadeiras de roda e os brinquedos artesanais abrigavam uma das mais importantes formas da criatividade nordestina”, destaca Cristiana.

Contato com o Museu Casa do Sertão para marcação de visitas e outras informações pode ser mantido pelo telefone (75) 3161-8099 ou pelos e-mails [email protected] [email protected]

Sobre Carlos Augusto 9668 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).