Governador Jaques Wagner visita Feira de Santana e inaugura a 1ª Etapa da Ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário das Bacias do Jacuípe e Subaé

Governador Jaques Wagner visita Feira de Santana e inaugura a 1ª Etapa da Ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário das Bacias do Jacuípe e Subaé.
Governador Jaques Wagner visita Feira de Santana e inaugura a 1ª Etapa da Ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário das Bacias do Jacuípe e Subaé.
Governador Jaques Wagner visita Feira de Santana e inaugura a 1ª Etapa da Ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário das Bacias do Jacuípe e Subaé.
Governador Jaques Wagner visita Feira de Santana e inaugura a 1ª Etapa da Ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário das Bacias do Jacuípe e Subaé.

Mais 127 mil moradores de 25 bairros de Feira de Santana já são atendidos por serviços de esgotamento sanitário com a conclusão da primeira etapa das obras de ampliação das bacias do Jacuípe e de Subaé, iniciadas em 2009. O sistema foi entregue pelo governador Jaques Wagner nesta segunda-feira (03/09/2012), quando também foram assinadas ordens de serviço para a segunda etapa da ampliação da Bacia do Jacuípe, com investimento de R$ 17,5 milhões, e para início da construção do Centro de Reservação Norte, obra que vai melhorar a distribuição de água na cidade. Esta última demandará R$ 48,14 milhões provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento II (PAC II).

A etapa entregue nesta segunda-feira representa investimento de R$ 130,3 milhões oriundos do PAC I e da Embasa, que aumenta de 42 para 65% a cobertura do atendimento com coleta, tratamento e destinação adequada do esgoto doméstico na sede do município. Com a entrega da obra nesta segunda e a conclusão da ampliação das bacias Jacuípe e Subaé, a cobertura de esgotamento sanitário em Feira de Santana chegará a 81%.

Segundo o governador, as obras da segunda etapa de ampliação da Bacia do Jacuípe devem começar em 30 dias e terminar em 18 meses. “A ideia é que a gente coloque Feira de Santana no padrão das grandes cidades, já que é a segunda maior do estado. É inadmissível que Feira não tenha seu esgoto tratado e segurança hídrica. São ao todo mais de R$ 280 milhões em obras de saneamento na cidade que vão elevar a cobertura a 81%, com patamar razoável.”

Para o presidente da Embasa, Abelardo de Oliveira Filho, Feira de Santana vai ficar entre as primeiras cidades brasileiras com os maiores indicadores de cobertura de esgotamento. Ele destacou também as ações de abastecimento de água no município: “O governador assinou a ordem de serviço hoje para a a ampliação do sistema de abastecimento de água da cidade, que vai nos possibilitar atender melhor os bairros da zona norte. Também já estamos trabalhando para atender ao distrito de Ipuaçu, com um investimento  de mais de R$ 5 milhões”, ressaltou.

A etapa entregue nesta segunda-feira representa investimento de R$ 130,3 milhões oriundos do PAC I e da Embasa, que aumenta de 42 para 65% a cobertura do atendimento com coleta, tratamento e destinação adequada do esgoto doméstico na sede do município.
A etapa entregue nesta segunda-feira representa investimento de R$ 130,3 milhões oriundos do PAC I e da Embasa, que aumenta de 42 para 65% a cobertura do atendimento com coleta, tratamento e destinação adequada do esgoto doméstico na sede do município.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9605 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).