Eleições 2012 em Feira de Santana: Zé Neto destaca o projeto de transporte de massa ‘Tri Via’ durante entrevista à TV Olhos D’água

Zé Neto destaca o projeto de transporte de massa Tri Via durante entrevista à TV Olhos D’água.
Zé Neto destaca o projeto de transporte de massa Tri Via durante entrevista à TV Olhos D’água.

Durante entrevista à TV Olhos D’água, nesta quarta-feira (12/09/2012), o candidato a prefeito pela Coligação Um Novo Caminho para Feira (PT- PP- PSB- PC do B), Zé Neto 13 apresentou alguns dos projetos que pretende desenvolver em Feira de Santana.

Para melhorar o sistema de transporte coletivo urbano da cidade, Zé Neto 13 destacou o TRI VIA. “A deficiência do transporte é um dos pontos centrais da campanha. Esse segmento acaba por afetar outros setores. Assim criamos o projeto TRI VIA para proporcionar uma maior agilidade ao trânsito de Feira, e dar mais segurança e conforto ao cidadão feirense”, explicou.

Zé Neto também destacou propostas para o meio ambiente, como a destinação do lixo do município. “Precisamos pensar numa saída para a modernização do aterro que já está ultrapassado, além de criar vários pontos de coletas, denominadospontos ecológicos, e melhorar a parte de processamento do lixo”.

Para Zé Neto 13, deve haver a criação de uma secretaria exclusiva para cultura, dando condições para que o conselho de cultura funcione adequadamente. “Cultura não é só diversão, é também a alma da cidade, é a reflexão do quem nós somos, por isso é necessário preservar e valorizar os nossos patrimônios”.

O candidato ainda falou sobre o que será feito para aprimorar a segurança de Feira. “É interessante ressaltar que segurança pública não diz respeito só ao trabalho da polícia. Temos de desenvolver políticas públicas nos bairros, criar bases comunitárias, pensando no contexto social, no cuidado que temos de ter afastando nossos jovens das drogas e criando creches para as nossas crianças”.

Zé Neto 13 concluiu a entrevista destacando o projeto de lei 19.585, aprovado pela Assembléia Legislativa, que garante a gratuidade para as pessoas com deficiência, no transporte intermunicipal. “A questão da acessibilidade precisa ser pensada. As pessoas precisam de melhores condições de trânsito, inclusive os deficientes que foram beneficiados com a aprovação dessa nova lei”.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9389 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).