Eleições 2012 em Feira de Santana | Em visita aos moradores de Matinha, Zé Neto fala da seca

Para Zé Neto 13, é preciso trazer para os distritos os avanços que estão acontecendo no Brasil e na Bahia.
Para Zé Neto 13, é preciso trazer para os distritos os avanços que estão acontecendo no Brasil e na Bahia.
Para Zé Neto 13, é preciso trazer para os distritos os avanços que estão acontecendo no Brasil e na Bahia.
Para Zé Neto 13, é preciso trazer para os distritos os avanços que estão acontecendo no Brasil e na Bahia.

Ampliar o Bolsa Família, implantar o Minha Casa Minha Vida e criar regiões distritais de saúde foram alguns dos compromissos firmados pelo candidato a prefeito pela coligação Um novo caminho para Feira (PT-PP-PSB-PC do B) Zé Neto 13 em caravana realizada no distrito de Matinha, onde esteve na tarde deste domingo (23/09/2012), acompanhado da vice Eliana Boaventura e candidatos a vereador.

Para Zé Neto 13, é preciso trazer para os distritos os avanços que estão acontecendo no Brasil e na Bahia. Com o objetivo de desafogar os hospitais de Feira e melhorar a vida dos moradores dos distritos, Zé Neto 13 se comprometeu em criar três regiões distritais: Norte (Matinha, Maria Quitéria, São José e Tiquaruçu), Sul (Ipuaçu, Jaguara e Bonfim) e Leste (Jaíba e Humildes).

“Vamos implantar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), com uma ambulância especializada e uma casa de parto em cada região distrital, para que as mães possam ter seus filhos perto de casa”. A comerciante Josiane Silva confirma a necessidade de Matinha de contar com melhor atendimento na área da saúde e o cuidado com as pessoas. “Aqui estamos precisando de um posto 24 horas. Doença não tem hora pra chegar.”

Zé Neto (13) falou ainda da seca, lembrando que o Governo da Bahia trouxe 26 tratores para melhorar a produção na lavoura, falou da triplicação do número de sementes, além de aumentar o valor do Garantia Safra, seguro de renda mínima que beneficia os produtores em caso de perda da safra em função de seca.

Zé Neto garante que vai revitalizar a feirinha da Estação Nova 

A feirinha da Estação Nova vai ganhar nova roupagem, com espaços apropriados para produtos, para alimentação, sanitários e estacionamento organizado. A garantia foi dada por Zé Neto 13, candidato a prefeito de Feira de Santana pela coligação Um novo caminho para Feira (PT-PP-PCdoB-PSB). Neste domingo, ele visitou o local acompanhado da vice Eliana Boaventura e de candidatos a vereador pelo Time de Lula.

Zé Neto garante que vai revitalizar a feirinha da Estação Nova.
Zé Neto garante que vai revitalizar a feirinha da Estação Nova.

Zé Neto afirmou que, a depender da consulta a ser feita junto aos comerciantes, a feirinha da Estação Nova poderá, com a reestruturação, funcionar durante a semana e não apenas aos sábados e domingos, o que vai transformar o local numa Ceasa. “Através do diálogo, adotaremos medidas que melhor convenham para estas mães e pais de família”.

A feirante Maria Almeida fez questão de declarar o apoio a Zé Neto. “Já fomos muito maltratados nessa feirinha. Chegou a hora da mudança. Zé Neto representa o time de Lula que já fez tanto pelos pobres. Hoje a gente pode comprar uma televisão e até um carro. O que seria da gente sem o bolsa família e o Minha Casa Minha Vida?”, perguntou.

 “Zé Neto é um homem de fé, já mostrou o político que é atuando como vereador e deputado estadual. Ele sabe fazer, não mente, é verdadeiro e vibrante”, declarou Benedito Mamona, que realizava compras. “Mesmo antes de ser político, Zé Neto já fazia pelo povo, ajudando como advogado a resolver as causas dos mais necessitados”, disse José França de Oliveira.

Diante da empolgação das pessoas, Zé Neto afirmou, ainda, que entende o sentimento e as aspirações do povo. “Fazemos parte da equipe que colocou o país na rota do desenvolvimento. Agora, Feira de Santana tem a chance trilhar pelo mesmo caminho, elegendo um prefeito com a mesma determinação do ex-presidente Lula, da presidente Dilma e do governador Jaques Wagner, disse.

Sobre Carlos Augusto 9506 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).