Durante visita a Feira de Santana, governador Jaques Wagner inaugura radioterapia do HDPA e base de segurança no George Américo

Governador Jaques Wagner descerra placa alusiva a inauguração da primeira Base Comunitária de Segurança de Feira de Santana foi instalada no conjunto George Américo.
Governador Jaques Wagner descerra placa alusiva a inauguração da primeira Base Comunitária de Segurança de Feira de Santana foi instalada no conjunto George Américo.
Governador Jaques Wagner descerra placa alusiva a inauguração da primeira Base Comunitária de Segurança de Feira de Santana foi instalada no conjunto George Américo.
Governador Jaques Wagner descerra placa alusiva a inauguração da primeira Base Comunitária de Segurança de Feira de Santana foi instalada no conjunto George Américo.

A primeira Base Comunitária de Segurança de Feira de Santana foi instalada nesta quinta-feira (27/09/2012), no conjunto George Américo. O ato contou com a presença do governador Jaques Wagner (PT), do secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, e outras autoridades.  O governador inaugurou ainda o Serviço de Radioterapia do Hospital Dom Pedro de Alcântara (HDPA).

A nova base, instalada provisoriamente, conta com 80 policiais capacitados, quatro viaturas e quatro motocicletas, além de câmeras de vídeomonitoramento. Segundo o comandante da unidade, tenente Ermillo, a filosofia de polícia comunitária traz responsabilidade também para a comunidade. “Acredito que podemos fazer o diferencial para que cada vez mais a comunidade seja abastecida de paz e tranqüilidade”. No total, o investimento é de cerca de 1,4 milhão.

Radioterapia

O governador inaugurou ainda o Serviço de Radioterapia e Braquiterapia, voltado para pacientes com câncer, na Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), do HDPA. Foram investidos R$ 2,5 milhões na aquisição de equipamentos de acelerador linear e braquiterapia.

De acordo com Jaques Wagner, o novo serviço busca o conforto com atendimento de primeiro mundo. “Não conheço nenhum país que tenha o sistema público gratuito, que vai dar vacina ao transplante de órgão, como nós temos aqui no Brasil. Esse é um momento de orgulho para nós, principalmente para o povo de Feira que utiliza o Sistema Único de Saúde”.

Governador Jaques Wagner observa os equipamentos instalados na unidade de radioterapia do HDPA.
Governador Jaques Wagner observa os equipamentos instalados na unidade de radioterapia do HDPA.

O secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, falou sobre a aquisição dos equipamentos em parceria com o Ministério da Saúde e anunciou novos investimentos. “Nós temos aqui hoje o que há de mais moderno de radioterapia no país. E não vamos parar por aqui. Já conseguimos com o Ministério da Saúde a aquisição de um segundo acelerador linear para ampliar a capacidade instalada. Vamos ter um dos maiores centros com capacidade em radioterapia do Brasil para atender um grande quantitativo de pacientes”.

Ainda segundo Solla, 111 mulheres das regiões de Irecê, Jacobina, Seabra e Itaberaba, que fizeram rastreamento de câncer de mama, já começarão a ser atendidas neste final de semana na nova unidade. “São mulheres que tiveram resultados suspeitos na mamografia, que estão migrando para Feira para fazer exames confirmatórios. Aquelas que confirmarem câncer de mama já vão entrar no protocolo desse serviço que hoje está sendo inaugurado”.

Histórico George Américo

O Conjunto George Américo tem sua origem no final da década de 1.980, com a invasão de uma área no bairro do Campo Limpo onde estava instalado o antigo campo de aviação do município. Invasão idealizada e organizada por George Américo, daí o nome do conjunto, prosperou com a distribuição de terrenos para os “sem teto” até a sua legalização que ocorreu com a doação do terreno pelo poder público aos invasores. O seu líder foi assassinado algum tempo depois da invasão por motivos até hoje desconhecidos.

Governador Jaques Wagner observa sistema de segurança implantado no Bairro George Américo.
Governador Jaques Wagner observa sistema de segurança implantado no Bairro George Américo.

O Conjunto George Américo esta contido no bairro Campo Limpo que possui uma área aproximada de 8,01 km2, com uma população de 47.500 habitantes (censo de 2010). Destacam-se no bairro Campo Limpo os Conjuntos Feira VI, Bom Viver, Morada das Árvores e os Loteamentos Jardim dos Romanos, São João Serafim de Lima além de outros. Com destaque o Conjunto George Américo que ocupa aproximadamente a quinta parte de todo o bairro Campo Limpo.

Economia: A população do Conjunto George Américo, se distanciando um pouco da sua origem de invasores, apresenta-se com grande diversidade econômica e cultural além de uma boa infraestrutura urbana. Os residentes ocupam praticamente todos os estratos socioeconômicos e culturais, sendo essa diversidade facilmente percebida quando observado o comércio local e as residências ali construídas.

O tráfico e consumo de drogas, com destaque para o crack, e uma das possíveis causas dos elevados índices de Crime Violentos Letais Intencionais (Homicídios)  observados aproximadamente 5,44% média anual com relação ao município.

No ano de 1998 por reivindicação da associação de moradores foi implantado o Módulo da PMBA, que fica localizado na praça principal (Praça da Liberdade); No ano de 2004, a Prefeitura Municipal de Feira de Santana concedeu aos moradores do Conjunto George Américo a regularização dos terrenos invadidos, reconhecendo o direito à moradia dos que ali residem. A comunidade atualmente tem como presidente da Associação de Moradores, Carlos Antonio Santos da Silva (popularmente conhecido como “Suca”) de 30 anos de idade.

Base comunitária de segurança é instalada no bairro George Américo, em Feira de Santana.
Base comunitária de segurança é instalada no bairro George Américo, em Feira de Santana.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9994 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).