Vereador denúncia ocupação irregular de praças pública em Feira de Santana

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Uma área pública do bairro Conceição, situado no fundo do Colégio Eurico França de Lacerda, em Feira de Santana, está sendo ocupada indevidamente por trailers. A denúncia é do vereador Luiz Augusto – Lulinha.

Segundo ele, a ocupação acontece “com a permissão do poder público”. Observa que se trata da única área disponível para construção de uma praça no bairro Conceição.

Lulinha chama a atenção da Prefeitura para o problema. “A comunidade não pode ser prejudicada; o órgão competente da administração municipal precisa adotar providências enquanto há tempo”, cobra o vereador.

Para o vereador Marialvo Barreto, há uma tentativa, de um pequeno grupo, de privatizar locais reservados para praças públicas. “Agora, essas pessoas encontram um prefeito enfraquecido; é um caminho para tomar as praças da comunidade”, afirmou.

Denunciada ocupação de área pública no Recanto do Feira X   

Uma área de terra que seria de uso institucional, para construção de uma praça, está sendo ocupada “com a conivência do poder público”, denuncia o vereador Roberto Tourinho.

A ocupação estaria ocorrendo na localidade denominada Recanto do Feira X. Tourinho diz ter recebido e-mail de moradores sobre a ocupação, iniciada nos últimos 15 dias.

Segundo o líder oposicionista, a invasão dessa área está trazendo inúmeros prejuízos aos moradores.   “Estão demarcando os terrenos e vendendo como se fossem proprietários”, disse.

No email, lido em plenário pelo vereador, a comunidade deixa a seguinte mensagem: “Pedimos com urgência providências das autoridades. Por favor, não deixem que um espaço público seja invadido por essas pessoas que só querem ganhar nas custas dos menos esclarecidos”.

Vereador destaca esforço da UEFS na realização da Feira do Livro  

Não fosse a Universidade Estadual de Feira de Santana, a Feira do Livro não existiria. A opinião é do vereador Marialvo Barreto, sobre o evento que acontece até o próximo domingo (19), na Praça João Barbosa de Carvalho, a conhecida Praça do Fórum.

“Praticamente cem por cento do que está lá é graças a Uefs”, afirma o petista.  O Governo do Estado, segundo o vereador, também teve um papel importante no evento ao disponibilizar R$ 200 mil em vale livros para professores e alunos.

 O petista disse que as pessoas têm a oportunidade de adquirir, a baixo custo, na 5ª Feira do Livro, “livros bons”, sobretudo de autores feirenses. Ele destacou a publicação “A Gruta Misteriosa (Bodoquena), de Altamirando Martins.

 Enfatizou também a participação, na Feira do Livro, de incentivadores da cultura popular, a exemplo do cordelista e escritor Domingos Santeiro. A Feira do Livro – Festival Literário e Cultural de Feira de Santana está na 5ª edição.

Tem como objetivo mobilizar a comunidade feirense para a importância da leitura como elemento facilitador da compreensão do mundo e da participação de cada ser na construção coletiva da cidadania. Marialvo convidou a sociedade feirense para participar desse evento.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 122987 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.