Olimpíadas 2012 | Brasil derrota a Coreia do Sul por 3 a 0 e agora enfrenta o México na final olímpica do futebol

Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Após 24 anos, a seleção brasileira de masculina de futebol voltará a disputar uma final olímpica. Com a vitória sobre a Coreia do Sul (3 a 0) nesta terça-feira, 7 de agosto de 2012, no Estádio Old Trafford, em Manchester, o Brasil se habilitou a enfrentar o México – que eliminou o Japão –, na  decisão do torneio. O jogo está marcado para o próximo sábado, às 11h (horário de Brasília), no Estádio Wembley, e poderá valer ao time a tão sonhada medalha de ouro, único título que falta ao futebol brasileiro.

A seleção brasileira começou a partida em ritmo lento e com Neymar pouco acionado em campo. Pelo lado direito da defesa brasileira, os coreanos chegaram três vezes com perigo. Aos 11m, com o atacante Kim e aos 12m quando Thiago Silva tirou a bola perto da linha do gol, após falha do goleiro Gabriel. Três minutos depois, o meia Ji Dongwon desferiu um bonito chute de fora da área que passou perto do travessão brasileiro.

Foi a partir dos 18m, quando deu seu primeiro chute a gol com Leandro Damião, que a seleção brasileira se encontrou em campo e passou a pressionar a Coreia do Sul. Aos 22m, Alex Sandro tentou por cobertura e o zagueiro adversário salvou em cima da linha já com o goleiro Lee batido. Aos 22m, Leandro Damião chutou cruzado após o rebote do goleiro coreano, mas a bola passou perto do gol, com perigo.

O gol brasileiro saiu aos 37m. Sandro roubou a bola no meio de campo e tocou pra Neymar pela esquerda. O atacante passou para Oscar que viu a penetração de Rômulo pela direita. Como elemento surpresa, o volante chutou por baixo, no canto direito para marcar Brasil 1 a 0. Já no finzinho, aos 45m, a Coreia do sul voltou a assustar num chute forte de Ji Dongwon. Para a sorte de Gabriel, a bola ganhou altura e passou por cima do travessão.

Na volta do intervalo, o Brasil entrou decidido e resolveu a partida logo no início do segundo tempo. Aos 11m, após boa tabela entre Neymar e Marcelo, a bola sobrou para Leandro Damião, que fuzilou o goleiro coreano: 2 a 0. Aos 19m, o mesmo Damião mostrou oportunismo dentro da área e com um toque de bico de chuteira marcou o terceiro gol brasileiro.

A partir daí o Brasil começou a tocar a bola e os jogadores se pouparam já visando à decisão com o México. O técnico Mano Menezes colocou Hulk, Bruno Uvini e Pato nos lugares de Marcelo, Juan e Damião, respectivamente, para dar ritmo de jogo a estes jogadores. Como os coreanos desistiram da partida, a seleção brasileira adotou uma postura mais cautelosa e só esperou pelo apito final. Após 24 anos – a última vez foi a derrota para a ex-URSS em Seul 1988 – o Brasil volta a disputar uma final olímpica.

Brasil – Gabriel; Rafael, Thiago Silva, Juan (Bruno Uvini) e Marcelo (Hulk); Sandro, Rômulo, Alex Sandro e Oscar; Neymar e Leandro Damião (Alexandre Pato). Técnico Mano Menezes.

Coreia do Sul – Lee; Oh, Yun, Younggwon Kim e Ki; Kim Bokyung; Nam e Hwang; Koo (Park), Hyunsung Kim (Jung) e  Ji Dongwon. Técnico Bo Hong.

*Com informações do COB | Por: Alexandre Bittencourt

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108821 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]