Governo da Bahia quer atrair investimentos para alcançar autossuficiência na produção de carne de frango e ovos. Investidores e produtores de 96 países participam até quinta-feira do Congresso Mundial de Avicultura no Centro de Convenções

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Alcançar a autossuficiência na produção de ovos e de carne de frango na Bahia, através da atração de investimentos para o setor, é uma das metas prioritárias do governo do Estado, através da Secretaria da Agricultura, apresentada na noite deste domingo (05/08/2012) pelo governador Jaques Wagner, ao abrir oficialmente o 24° Congresso Mundial de Avicultura, no Centro de Convenções da Bahia, ao lado do secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, e do ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Junior, com o auditório Iemanjá lotado por quase duas mil pessoas. Destacando que a Bahia produziu na safra passada 3.5 milhões de toneladas de soja e 2,5 milhões de milho, grãos que são a base de alimento para a avicultura, e possui grande mercado consumidor e com demanda reprimida, o governador convidou empresários e produtores que participam do congresso a investir na avicultura baiana.

O governador Jaques Wagner disse que “a realização de um evento dessa proporção no Estado é uma oportunidade para atrair investidores do setor”, afirmando que “queria aproveitar esse congresso para fazer um convite. Produzimos grãos e temos grandes investimentos em logística, além de um mercado consumidor a ser explorado, portanto as portas da Bahia estão abertas para quem quiser investir no Estado”.

De acordo com o secretário Eduardo Salles, apesar do Estado ser o maior produtor e exportador de grãos do Norte e Nordeste, infelizmente a Bahia importa 40% da carne de frango e 80% dos ovos que a população baiana consome. Salles destacou que três regiões do Estado possuem potencial fabuloso para instalação e ampliação de polos avícolas, citando o Oeste, a região Nordeste, centralizada em Paripiranga, com característica muito importante que é a predominância de pequenas propriedades, o que facilita a integração, e toda a região de Feira de Santana que já é um polo avícola consolidado, além do potencial ao longo do traçado da Ferrovia da Integração Oeste Leste (Fiol).

Salles enfatizou que a Bahia apresenta condições ideais para a avicultura, salientando que a atração de novos investimentos para a implantação de granjas e frigoríficos avícolas vai gerar importantes impactos socioeconômicos, com a criação de milhares de empregos.

O presidente executivo da União Brasileira de Avicultura (Ubabef), ex-ministro da Agricultura Francisco Turra, afirmou que o governo baiano realizou um estudo de viabilidade econômica e de incentivos, e já existem interessados em investir no Estado, “Só estamos esperando passar a turbulência econômica que afeta o setor com a elevação do preço das commodities no mercado internacional”.

O 24° Congresso Mundial de Avicultura, com expectativa de atrair  mais de três mil participantes de 96 países, prossegue até quinta-feira (9), reunindo os maiores produtores de aves e ovos do Brasil e do mundo, e servirá para a troca de experiências, divulgação das novas técnicas de produção e realização de negócios. Trata-se de um dos mais importantes eventos do setor agropecuário do mundo, ocupando todos os andares do Centro de Convenções, com a participação de centenas de estandes.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121677 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.