Geração índigo e cristal

O Adventoda regeneração
O Adventoda regeneração

Segundo alguns autores e psicólogos as crianças “Índigo e Cristal”, fazem parte de uma nova geração espiritual e muito especial, com a missão de, neste momento de grande transição em que o mundo passará de um planeta de provas e expiações para um mundo regenerado, de transmutar as energias negativas em pura luz, ou seja, disseminar por todo o planeta energia positiva. “As crianças índigo são assim chamadas porque possuem uma aura na tonalidade azul, aquela tonalidade índigo dos blues jeans” – afirma a Drª. Nancy Ann Tape, uma conhecida para-psicóloga norte americana, que primeiro as designou como crianças índigo.

Na realidade, se trata de uma geração de crianças com fortes tendências às rebeldias, hiperativas, dominadoras ou contestadoras e que dificilmente aceitam “não” como resposta. Em ambos os casos são crianças com o QI a cima da média. Tem muita facilidade de aprendizado, principalmente quando se trata de assuntos referentes à tecnologia. Têm uma memória e uma percepção muito ativa com forte inclinação a serem mal humoradas e desenvolvem sua criatividade quase que automaticamente. Pode-se dizer sem medo de errar, que os Garotos Índigo e Cristal têm comportamentos sui generis.

O alto nível de inteligência destas crianças as classifica como pertencentes a uma geração especial, credenciadas para desenvolverem com bastante perfeição trabalhos artísticos, alcançarem muito sucesso nos segmentos humanísticos, conceituais e interdimensionais ou trans-dimensionais – os sentidos e a percepção extrassensorial.

Os superdotados

As crianças Cristais possuem uma aura alvinitente – de alvura imaculada – razão pela qual passaram a ser denominadas dessa maneira. Ambas – Índigo e Cristal – serão responsáveis pelo desenvolvimento intelecto-moral da Humanidade. Em hipótese alguma, estas crianças devem ser rotuladas como portadoras de transtornos psicológicos, de personalidade, comportamental ou distúrbios da atenção.

As crianças, Índigo e Cristal, têm absoluta consciência do que estão fazendo ou praticando, mas, por outro lado as portadoras de transtornos de personalidades, as vezes também são hiperativas, porém na maioria das vezes tem dificuldades de aprendizado, diferentemente das Índigos e Cristal. Todos os Índigos apresentam altos níveis intelectuais, enquanto os Cristais serão, ao mesmo tempo, intelectualizados e moralmente elevados.

Atualmente, encontramos por todo planeta gênios precoces como é o caso do jovem norte americano, Jay Grenberg considerado o Mozart da atualidade, que começou a compor aos quatro anos de idade e aos seis, compôs sua primeira sinfonia que foi executada pela Orquestra sinfônica de Londres. Quando inquirido, se limita a responder que: “Eu não faço nenhum esforço, está tudo na minha mente”.

É fundamental dialogar, falar com simplicidade, ter bastante paciência e, principalmente, amá-las, pois as crianças Índigo e Cristal não precisam de cuidados especiais e sim de compreensão. Educá-las apelando para a lógica, o bom tom; orientando-as nas boas maneiras, nas técnicas de uma vida saudável, falando de ternura. Estes são os métodos para tratar as modernas crianças, todas elas, Índigo, Cristal ou não.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108162 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]