Prefeitura de Feira de Santana vai implantar ecopontos para regularizar o descarte irregular de entulho

Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Mais de 800 toneladas de entulho são geradas diariamente em Feira de Santana provenientes da construção civil. Conforme dados do Departamento de Limpeza Pública da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Sesp), o total de material produzido atualmente é 10 vezes maior que a quantidade gerada no ano de 2000.

Para evitar o descarte irregular de lixo e entulho em terrenos baldios, o Departamento de Fiscalização tem intensificado as vistorias por toda a cidade. Segundo o secretário municipal Alexandre Monteiro, em decorrência do crescimento imobiliário na cidade e reforma de casas o aumento é considerável.

“O principal problema não é a geração de entulhos, mas sim a forma inadequada como os resíduos são descartados. Com a execução do Projeto Ecofeira, que visa instalar 20 ecopontos em locais estratégicos, transformaremos restos de entulhos em artefatos de pré-moldados”, explica.

Ainda de acordo com o secretário da Sesp, o projeto para implantação do sistema já foi elaborado. “Com a iniciativa os carroceiros terão um local adequado para depositar os resíduos sólidos, além de ganhar uma renda extra por despejar os resíduos nos ecopontos”, frisa.

No final do mês de julho foi criado o Plano de Gestão de Resíduos Sólidos (PGRS), de acordo com a Lei Federal 12.305/2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos dispondo sobre seus princípios, objetivos e instrumentos, bem como sobre as diretrizes relativas à gestão integrada e ao gerenciamento de resíduos sólidos.

Organizadores e expositores comemoram resultados

Além de oferecer uma programação variada neste domingo (19/08/2012), o último dia da 5ª edição da Feira do Livro também é considerado momento oportuno para a Comissão Organizadora e expositores fazerem a avaliação do evento, que chega ao sexto dia alcançando uma boa visitação. Conforme a coordenadora do Festival Literário e Cultural de Feira de Santana, Rita de Cássia Brêda, o objetivo foi atingido em todos os aspectos.

“Conseguimos trazer a comunidade feirense, sobretudo os estudantes, tivemos a visita de 150 escolas nos cinco dias e notamos que o evento se torna o destino certo de várias famílias no sábado e domingo. Além disso, distribuímos todos os 7.500 vales livros para os estudantes da rede estadual, fomentando assim a formação de leitores”, avaliou.

Para a artesã Ilmaci Cruz, que veio de Salvador para participar pela primeira vez do evento, comercializando fantoches, a expectativa foi superada. “Soube do evento numa feira de artesanato em Salvador e logo entrei em contato com os organizadores. Os fantoches representam o lúdico, e esse tipo de linguagem fascina as crianças. Muitas delas que visitaram o estande com a turma da escola, retornaram depois com os pais para comprar”, revelou.

Quem também comemora o resultado alcançado na Feira do Livro é o sócio proprietário da Livraria Nobel, franquia presente em mais de 200 cidades do Brasil e exterior e recém-chegada em Feira de Santana. “Temos apenas dois meses na cidade e a Feira do Livro foi oportunidade preciosa para divulgarmos a marca, que tem apenas dois meses. Conseguimos vender bem e estamos dando nossa contribuição para o desenvolvimento cultural de cidade”, pontuou.

Novo lar para cães e gatos

Com o intuito de sensibilizar a comunidade feirense e estimular a posse responsável de cães e gatos, a Associação Protetora de Animais (APA) está promovendo mais uma Feira de Adoção neste domingo (19/08/2012), no Parque da Lagoa Erivaldo Cerqueira, localizado às margens da avenida José Falcão. Quem deseja adotar um dos animais precisa apresentar apenas o documento de RG e comprovante de residência.

Pai da pequena Suzana, 6 anos, Carlos Alberto Gomes Filho foi um dos primeiros interessados em adotar um bichinho de estimação a chegar no Parque da Lagoa. “Já criamos um gato e uma cadela, mas foram roubados porque eram de raça, como popularmente classificamos. Percebi que através do contato com eles, minha filha tornou-se mais amorosa e atenciosa. Um animal pode influenciar positivamente na formação do caráter de uma pessoa”, considera.

Enquanto aguardava a chegada de um cão menor, Suzana assegurou que vai cuidar dele da melhor forma possível. “Eu brincava muito com minha cadelinha, cuidava dela com amor, pois ela era minha amiga. Agora quero cuidar ainda mais deste novo bichinho que vou levar hoje, para que não seja também roubado”, disse.

Conforme Graça Peixinho, uma das fundadoras da APA, a entidade recebe uma média de cinco a dez denúncias de maus tratos e abandono de animais. “Nossa função é investigar e denunciar esses atos, para que seja punido quem os comete. Infelizmente os casos de abandono têm aumentado e isso é reflexo do grande número de pessoas que estão migrando para condomínios. Se elas criaram estes animais com amor, devem assumir o compromisso de buscar um novo lar, entre amigos e familiares”, salienta.

Com sede alugada, a APA está acolhendo atualmente cerca de 200 cães e 80 gatos. Na Feira de Adoção, que segue até às 16h, os visitantes podem também ajudar a entidade a arrecadar fundos, adquirindo camisas, almofadas, doces e salgados que estão sendo comercializados no local. A iniciativa conta com o apoio da Prefeitura de Feira de Santana.

Policlínicas registram demanda intensa

Embora o volume de atendimentos seja maior de segunda e sexta-feira, as policlínicas de Feira de Santana também são bastante procuradas no fim de semana. Na policlínica do bairro George Américo, por exemplo, a média de atendimentos diários entre a segunda e sexta é de aproximadamente 200. Mas só entre zero de sábado e zero de domingo, foram atendidos 160 pacientes.

De acordo com a enfermeira da policlínica, Ana Paula Carvalho, apesar da unidade ser de emergência, poucos casos são voltados a esta área. “A maioria é mesmo de atendimento clínico. No entanto, os casos mais graves que surgem conseguimos atender de forma satisfatória, sem a necessidade de transferir para o Hospital Geral Clériston Andrade”, pontua.

Os casos mais comuns apresentados estão relacionados aos sintomas de vômito, febre e diarreia. Foi este quadro clínico que levou o agente de limpeza Nivaldo Ribeiro Campos a procurar a unidade na manhã deste domingo (19/08/2012). “Já passei pela triagem e agora estou aguardando para ser avaliado pelo clínico. Sempre busco atendimento aqui, e graças a Deus sou bem acolhido. Se fosse me deslocar até um hospital, talvez não recebesse atendimento semelhante a este da policlínica”, considerou.

A doméstica Analice Silva Campos também avalia positivamente o serviço prestado pela unidade. “Qualquer mal estar que sinto, venho logo para a policlínica na certeza de que serei bem atendida pela equipe. A gente sabe que com saúde não se deve brincar, que o ideal mesmo é permanecer vigilante”, pontuou.

Leilões da Expofeira 2012 com datas definidas

Os primeiros leilões da Exposição Agropecuária de Feira de Santana (Expofeira 2012) já estão com data definida. No dia 7 de setembro será realizado o 6º Leilão Marchador da Princesa e o Leilão Leite e Corte. No dia 8 de setembro será a vez do 3º Leilão Balde Branco da Princesa e Leilão Mangalarga.

Já a data do Leilão de Caprinos e Ovinos, informa o engenheiro agrônomo e coordenador da Expofeira, Joedilson Freitas, será definida nos próximos dias, em função da definição da contratação de mais uma tenda de leilões.

“Os leilões da Exposição Agropecuária sempre reúnem um grande público. Temos participantes de Feira de Santana e região, e até mesmo de outras localidades como Recife, Aracaju, Brasília e Rio de Janeiro. No ano passado tivemos pessoas até de Angola”, comenta o coordenador da Expofeira.

Neste ano o evento vai acontecer entre os dias 02 e 09 de setembro. Toda a área do parque já está recuperada e limpa para sediar o evento e receber os mais diferentes animais nos oito dias de Expofeira.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115083 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.