Em Salvador, exposição no Museu de Arte Moderna apresenta universo de Jorge Amado

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Fotografias, objetos, folhetos de cordel, filmes e imagens, a maioria inédita para o público, compõem a exposição ‘Jorge Amado e Universal’, que foi aberta na noite desta quinta-feira (09/08/2012), no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), com a presença do governador do Estado, Jaques Wagner, acompanhado da primeira-dama Fátima Mendonça, e do secretário de Cultura, Albino Rubim. A mostra ocupa o térreo do Casarão, a Capela e a Galeria 1.

A ação faz parte do projeto Ano Jorge Amado, iniciativa da Secretaria de Cultura (SECULT), em parceria com diversas instituições e personalidades ligadas ao universo e obra do escritor baiano, para comemorar o seu centenário de nascimento.

“A proposta era trazer um repertório mais amplo com conteúdos sobre o homem, o escritor e a obra”, explica o diretor-geral da exposição, William Nacked. Segundo ele, “muitas pessoas com menos de 25 anos não conhecem quem era realmente o escritor, o político, o artista, a pessoa de Jorge Amado. Aqui, nós o mostramos, deixando o espectador com vontade de ver mais, e os que já o conheciam terão outras versões do mesmo Jorge”.

Sucesso em São Paulo

A exposição é dividida em módulos, cada um deles dedicado a um aspecto marcante na vida do escritor. A carioca Tânia Fraccoli ficou encantada. “Estou maravilhada, está tudo lindo, bem feito. Depois do sucesso feito em São Paulo estava curiosa para ver em Salvador, e ficou mesmo espetacular”.

A diretora do MAM-BA, Stella Carrozzo, acredita que a mostra fará bastante sucesso devendo até superar o público do Museu da Língua Portuguesa (São Paulo), que ultrapassou 130 mil pessoas. “Tenho certeza que em sua terra Jorge Amado vai fazer ainda mais sucesso. Esperamos um público de 150 mil pessoas, inclusive estamos com um trabalho de mobilização para receber escolas, grupos guiados e visitantes em geral”.

Para o governador Jaques Wagner, o evento tem grande representatividade porque mostra para a Bahia, terra de Jorge, quem ele era. “Jorge nunca será esquecido. Essa é uma exposição diferenciada, que acontece na casa dele [Bahia], seu lugar. É sim, motivo de grandes homenagens. Afinal, ele levou os costumes, a cara da Bahia e do Brasil para o mundo e, certamente, muitas pessoas verão pela primeira vez como era Jorge, o homem, o político, e terão uma visão diferenciada”.

A exposição traz ainda depoimentos de amigos, artistas, críticos e anônimos. A visitação é gratuita e segue até 14 de outubro, de terça a sexta, das 13 às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14 às 19h.

*Com informações da SECOM/BA

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123215 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.