Em Feira de Santana, peças teatrais baseadas nos textos de Nelson Rodrigues entram em cartaz no CUCA

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Este ano, em que se comemora o centenário de nascimento de Nelson Rodrigues, é um bom momento para fazer uma reflexão sobre sua obra. Nelson inscreveu-se como um dos polemistas mais bem-humorados do país, o hiperbólico cronista de futebol e nosso maior dramaturgo.  Caso raro na literatura, Nelson desenvolveu concomitantemente os gêneros: teatro, conto e crônica. Nosso multifacetado autor não teria conseguido avançar com a produção mista que o caracterizou não fossem as três modalidades de escrita originárias de uma fonte comum: o melodrama. Nas crônicas e nas peças que criou, Nelson transformou o cotidiano óbvio em momentos transcendentais.

E em homenagem ao centenário dramaturgo, o Grupo Conto em Cena, que já circula com os dois contos deste autor, estará de volta ao palco do CUCA em Agosto, trazendo neste projeto de comemoração as duas obras juntas – Noiva da Morte e O Justo – em um único espetáculo. No qual, o público terá oportunidade de assistir duas histórias que retratam nossa sociedade na segunda metade do século XX, com todas as características próprias da obra rodriguiana.

Noiva da Morte

Noiva da Morte conta a história de Alipinho, um menino de classe média, que fora sempre tratado com delicadeza e ensinado por sua mãe de que o homem não precisa ser rude. Discordando do discurso da mãe, o pai – que ficara doente pouco antes de morrer – faz com que o médico da família o prometa que irá fazer Alipinho se casar. Com o desejo de satisfazer seu ego, o médico usa de todas as artimanhas necessárias para conseguir realizar o desejo do pai do menino. Essa montagem traz a tona todo o ambiente familiar do período de 1950, colocando a vista os valores que eram tão sustentados pela sociedade desse período.

O Justo

O Justo conta a história de Isaurinha, moça agregada da família, que aparece grávida. A notícia cai como uma bomba sobre a tradicional casa, na qual a figura patriarcal, déspota e autoritário de Sr. Clementino passa a desconfiar dos genros e filhos. Entre conflitos e suspeitas, a vítima aponta Jucá, filho solteiro, como o responsável pela sua gravidez. Na intenção de reafirmar a sua postura de chefe e manter os valores familiares que ele tanto defende, o pai faz com que os dois se casem. Nas núpcias, segredos serão revelados capazes de questionar a moral desta família.

Grupo:

O grupo Conto em Cena, surgiu de uma oficina de Dramaturgia Corporal e tem no elenco uma safra de novos e talentosos atores do teatro feirense: Elidiane Sousa, Fernando Pedro Maria, Geovane Mascarenhas, Keu Costa, Leidy Alencar, Lene Costa, Lion Guimarães, Márcio Nunes, Mônica Araújo, Tereza Guimarães e Welber Oliveira. Direção: Geovane Mascarenhas; Operador de luz: Ângelo Máximo; Operador de Som: Leidy Alencar.

Serviço:

O QUÊ: 2X CONTO – Noiva da Morte e O Justo

ONDE: Teatro do Cuca

QUANDO: Dias 31 de agosto / às 20:30h.

01 de setembro de 2012/ às 20:30h

02 de setembro de 2012 / às 19:30h.

QUANTO: R$ 10,00 (meia promocional)

INDICAÇÃO: 14 anos

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113701 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]