Doações dos produtores rurais do Oeste da Bahia para o Programa SOS Seca alcançam 500 mil quilos de produtos

Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Na próxima segunda-feira (12/08/2012), um comboio de dez caminhões carregados com milho e torta de caroço de algodão deixa a cidade de Barreiras/BA rumo a 10 municípios do interior do estado, prejudicados pela seca, que serão beneficiados com as doações dos agricultores do Oeste da Bahia. A iniciativa é parte da campanha de mobilização que a Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (AIBA) está empreendendo para arrecadar entre seus associados grãos e subprodutos para a alimentação humana e animal, e se insere na campanha S.O.S. Seca, promovida pelo governo do Estado da Bahia. Os lotes doados que partem na segunda-feira somam aproximadamente 300 mil quilos, sendo 270 mil de milho e 30 mil de torta de caroço de algodão.

A carga com este lote, especialmente ensacada para a campanha, será fracionada em 10 caminhões que seguem para Juazeiro, Itaberaba, Quincê, Marcionílio Souza, Glória, Maracás, Conceição do Coité, Uauá e Lafaiete Coutinho. A definição dos municípios beneficiados partiu do Comitê da Seca, do Governo do Estado. No ato da partida, estarão presentes o secretário da Agricultura da Bahia, Eduardo Salles, representantes da Aiba, Abapa e do Fundeagro, além dos produtores doadores, que serão homenageados. A cerimônia será às 8h30, na sede do armazém da Padin Cereais, na BR 242/020, km 20, em Barreiras.

Até o momento, mais de 500 mil quilos de grãos já foram arrecadados e a campanha prossegue, com meta de alcançar em torno de 1 milhão de quilos, ou 1 mil toneladas. Antes mesmo da partida do comboio, doações emergenciais foram feitas por produtores associados da Aiba e da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (ABAPA), que somam 172 mil quilos entre milho e caroço de algodão. O milho é utilizado na alimentação humana e animal, e o caroço, apenas como complementação da ração animal.

De acordo com o secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, esta iniciativa vai ajudar a evitar a erradicação de diversos rebanhos de pequenos produtores baianos, severamente afetados pela maior estiagem do estado em meio século. “O último recurso do produtor desesperado é abater as suas matrizes, porque se torna insustentável mantê-las. Isso causa uma verdadeira catástrofe social, que já foi uma constante no nosso estado, e que não podemos deixar acontecer novamente”, diz Salles.

“Essa causa foi abraçada com muito entusiasmo pelos agricultores do Oeste. Nossa maior limitação é a logística, pois o frete é caro no período da safra, mesmo assim, vamos conseguir um bom volume, que ainda é muito pouco frente ao problema, mas já faz diferença para quem receberá”, diz o vice–presidente da Aiba, Sérgio Pitt.

Contribuíram, até agora, para a campanha, Grupo Busato, Valter Gatto, Luiz Carlos Berlatto, Grupo Horita, Ademar Antonio Marçal, Herberto Schermack, Márcio Júlio Schermack, Rafael Schermack, Ivo Zils, Arnildo Zils, Marilene Zancanaro Zanella, Marco Aurélio Botolli, Volmir Martinazzo, Volnei Matinazzo, Suzane Mari Piana, Luiz Carlos Bergamarschi, Paulo Jorge Silva Mota, Joao Carlos Jacobsen Rodrigues, Grupo Ilmo da Cunha, Marcelino Flores de Oliveira, Olmiro Flores de Oliveira, Célio Zuttion, Koiti Orita, Celito Breda, Celito Missio, Dirceu di Domênico, Tecnoseeds Sementes Ltda, Irineu Orth,  Afonso Orth, Martin Pascoal Drees, Paulo Ricardo Frasson, Hermes Augusto Ferreira, Hermeson Denis Cecchin Ferreira, Arnaldo Juliani.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109881 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]