Com a performance do ator Fábio Vidal, as peças ‘Sebastião’, ‘Seu Bonfim’ e ‘Eterno retorno erê’, entram em cartaz nas cidades de Juazeiro e Petrolina

O Projeto “13 Territórios” promove, em agosto apresentação de “Sebastião” em Juazeiro, Jacobina, Valença, Jequié e Itaberaba. Com a performance do ator Fábio Vidal, as peças ‘Sebastião’, ‘Seu Bonfim’ e ‘Eterno retorno erê’, entram em cartaz nas cidades de Juazeiro e Petrolina.
O Projeto “13 Territórios” promove, em agosto apresentação de “Sebastião” em Juazeiro, Jacobina, Valença, Jequié e Itaberaba. Com a performance do ator Fábio Vidal, as peças ‘Sebastião’, ‘Seu Bonfim’ e ‘Eterno retorno erê’, entram em cartaz nas cidades de Juazeiro e Petrolina.

“Sebastião”, premiado espetáculo de Fábio Vidal, chega a Juazeiro nesta quarta-feira, dia 15.08, pelo projeto “13 Territórios”, do Grupo Territórios Sirius, que está circulando com o espetáculo e com a oficina de teatro físico  por 13 cidades baianas. A oficina de teatro físico, que acompanha as apresentações do espetáculo, será realizada no dia 16.08. Ambos acontecerão no Centor Cultural João Gilberto. “Sebastião” é um dos três espetáculos de Fábio Vidal a participar do Oitavo Festival de Artes do Vale do São Francisco – “Aldeia Velho Chico”. Nos dias 17 e 18.08 as peças “Seu Bonfim” e “Eterno Retôrno Erê”, também com atuação, texto e direção de Fábio Vidal, serão apresentadas em Petrolina, pelo “Aldeia Velho Chico”, no SESC Petrolina. Em seguida a oficina e o espetáculo seguem para Jacobina (24.08), Valença (26.08), Jequié (28.08) e Itaberaba (31.08). Depois da temporada de agosto o projeto “13 Territórios”, que já realizou oficinas e apresentações em Morro do Chapéu, Santo Amaro e Alagoinhas, volta a circular em outubro por mais quatro cidades do interior baiano – Itabuna, Porto Seguro, Vitória da Conquista e Camaçari.

 ‘Sebastião’

Um nordestino, chamado Sebastião, vê-se envolvido em uma trama de perseguição depois que participa do saque de um avião que caiu com R$ 5,6 milhões. Devoto de Padre Cícero, viciado em jogos e totalmente endividado, ele, por obra do acaso, recebe um tesouro “dos céus”, que acaba sendo o motivo de sua tragédia. Esta encenação constitui-se de uma teatralização de dados e fatos verídicos, que aconteceram quando uma aeronave se espatifou nas terras de Maracangalha (na Bahia), em 2007, e, ao invés de felicidade, trouxe desespero para os moradores locais.

O espetáculo “Sebastião” trata sobre a natureza humana estabelecendo reflexões sobre o poder, o dinheiro, os direitos humanos e a ética. Contemplado com Prêmio Myriam Muniz de Teatro o espetáculo já realizou diversas temporadas e apresentações e integrou a programação de importantes festivais como o FIAC, FILTE, Festival BNB das Artes Cênicas (Fortaleza, Juazeiro do Norte e Souza) e Festival Bahia em Cena. Fábio Vidal foi contemplado com o Prêmio Braskem de Teatro 2010, na categoria Ator e indicado na categoria Melhor Texto.

‘Eterno retorno erê’

“Eterno Retôrno Erê” trata da história da criação do Universo, da vida e do humano: seu processo de ciclos, de (R)evolução. Inicia antes do Big-Bang (15 bilhões de anos atrás) e se desenvolve até os dias atuais. Utiliza de teorias cientificas/filosóficas e está fundamentado no Teatro Essencial. É uma performance teatral narrativa sobre a criação e evolução da vida, do homem e do espírito. Apresenta um Erê (um misto de mensageiro, palhaço, bufão e divindade) que vivência o processo existencial marcado pelas contradições humanas que variam entre “a delicia e a desgraça, o monstruoso e o sublime”, o trágico e o cômico, o infantil e o velho, o inédito e o padronizado, a morte e a vida.

‘Seu Bonfim’

“Seu Bomfim” ‘ é um velho errante homem do sertão, contador de histórias que surge em um episódio sobre um “homem do rio” que deixou sua família e sua vida para se colocar numa canoa, no meio do rio, de onde não sai mais. A partir dessa narrativa Seu Bomfim, conta histórias do seu passado, onde rememora pessoas e locais, e expõe pensamentos sobre várias questões. Suas estórias, seu humor, questionamentos e ações levam o espectador a entrar em um mundo subjetivo colocando em evidência o drama humano pessoal que se encontra enraizado na cultura sertaneja – nordestina – brasileira.

‘Aldeia do Velho Chico’

Teatro,dança, cinema, fotografia, artes visuais, música, literatura, artesanato e culinária marcam presença na programação do VIII Festival de Artes do Vale do São Francisco – Aldeia do Velho Chico. Realizado pelo Sesc Petrolina, o Aldeia é um desdobramento do projeto nacional Palco Giratório, e promove o intercâmbio artístico, qualifica a produção local e fomenta o gosto pelas mais variadas linguagens da arte. O Festival acontece desde o dia três de agosto e vai até 19 de agosto em pólos espalhados pela cidade, como o Sesc Petrolina, a Catedral, o Museu do Sertão, o Bambuzinho, a Praça Dom Malan, a Porta do Rio, a Orla e a Ilha do Massangano, além de dez bairros da cidade. Juazeiro (BA) recebe ainda parte da programação, no Centro Cultural João Gilberto. O Aldeia mobiliza, em média, 1.000 artistas por edição, promovendo mais de 100 atrações locais e nacionais e movimentando um público de 70 mil pessoas durante os 16 dias de programação.

OFICINA DE TEATRO FÍSICO E ESPETÁCULO “SEBASTIÃO”

JUAZEIRO – Espetáculo “Sebastião”, no dia 15 de agosto, às 20h, com ingressos a R$ 10,00 (inteira) R$ 5,00 (meia) – Oficina, dia 16 de agosto, das 13h às 15h, com inscrição presencial meia hora antes – gratuita – ambos no Centro Cultural João Gilberto – Rua José Petitinga s/n – bairro Stº Antônio – telefone (74) 3611-4322

“ETERNO RETÔRNO ERÊ” E “SEU BONFIM”

PETROLINA – Seu Bonfim”, no dia 17 de agosto, às 20h, no SESC Petrolina, com ingressos a R$ 5,00 – “Eterno Retôrno Erê”, dia 18.08, às 20h, com entrada gratuita – também no SESC Petrolina – Rua Dr. Pacífico da Luz, nº 618 – Centro de Petrolina – PE

O TEATRO FÍSICO

Durante o período da temporada do espetáculo “Sebastião” será realizada a oficina “Teatro Físico – o corpo como meio expressivo”, voltada para os artistas locais (atores performers, circenses e dançarinos). Com a oficina objetiva-se a instrumentalização técnica dos envolvidos e o contato com essa prática teatral, que contribui para aumentar o repertório e o olhar cênico, além de incentivar a autonomia artística, estimulando os alunos a desenvolverem novas possibilidades e abordagens pré-expressivas e expressivas, de afirmação de alteridades criativas. A oficina disponibiliza vagas para 20 pessoas, maiores de 16 anos e a carga horária do curso é de duas horas (das 10h às 12h).

Com a performance do ator Fábio Vidal, as peças ‘Sebastião’, ‘Seu Bonfim’ e ‘Eterno retorno erê’, entram em cartaz nas cidades de Juazeiro e Petrolina.
Com a performance do ator Fábio Vidal, as peças ‘Sebastião’, ‘Seu Bonfim’ e ‘Eterno retorno erê’, entram em cartaz nas cidades de Juazeiro e Petrolina.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110914 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]