Aliado histórico de José Ronaldo e líder do governo de Tarcízio Pimenta, o vereador feirense Maurício Carvalho desiste de candidatura à reeleição em Feira de Santana

Ao desistir de sua tentativa de reeleição, o vereador disse que depois de conversar com lideranças e ouvir várias pessoas, decidiu emprestar seu apoio à colega Eremita Mota. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)
Ao desistir de sua tentativa de reeleição, o vereador disse que depois de conversar com lideranças e ouvir várias pessoas, decidiu emprestar seu apoio à colega Eremita Mota. (Foto: Carlos Augusto (Guto Jads) - Jornal Grande Bahia)

O vereador Maurício Carvalho anunciou na sessão de reabertura dos trabalhos legislativos nesta quarta-feira (01/08/2012), após o recesso de 30 dias, que não será candidato à reeleição, no pleito de 7 de outubro.

“Não estou saindo da vida pública, mas este será o meu último mandato. Poderei cumprir outras missões, se elas vierem”, disse o vereador, em discurso na Casa da Cidadania.

Segundo ele, é necessário saber o momento de começar e de parar, na vida pública. “Durante 25 anos cumprindo esta missão, por vocação, a ponto de renunciar a minha profissão de advogado”. Foram quatro mandatos.

Maurício exerceu funções importantes durante todo esse período na Casa da Cidadania, integrando a Mesa Diretora, sendo vice-líder do governo de José Falcão e líder das administrações de José Ronaldo e Tarcízio Pimenta, além da presidência de comissões. “Creio que cumpri minha missão”.

Ele ressaltou que não foi uma decisão fácil. “Durante muitos meses procurei amadurecer, conversar com minha família”.

Ao desistir de sua tentativa de reeleição, o vereador disse que depois de conversar com lideranças e ouvir várias pessoas, decidiu emprestar seu apoio à colega Eremita Mota. “Estarei ajudando no que for possível. A maioria das lideranças escolheu o nome dela. É uma vereadora da base do governo Tarcízio Pimenta, o que também é importante”.

A partir da próxima segunda-feira, o vereador estará se ausentando por 30 dias da atividade legislativa para tratar de assuntos particulares, portanto sem vencimentos. “Preciso de tempo para me recompor e resolver problemas de ordem particular”, justificou.

Sobre Carlos Augusto 9719 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).