Pesquisadores espanhol e norte-americano palestram sobre contraculturas a partir desta quarta-feira (18/07), em Serrinha

Vista aérea de Serrinha. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)
Vista aérea de Serrinha. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia)

Reflexões negras, revolução negra: hip hop cubano e contraculturas de modernidade.

Esse é o mote das palestras que o projeto Sertão Mar, vinculado ao Núcleo de Arte (Nart) da Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da UNEB, realiza nos dias 18 e 19 deste mês, em Salvador e Alagoinhas.

Os eventos acontecem às 14h, no Auditório Jurandyr Oliveira, no Departamento de Educação (DEDC) do Campus I (Salvador) da universidade, e às 10h, no auditório do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural (Pós-Crítica) do Campus II (Alagoinhas).

O objetivo das palestras é mudar o pensamento referente ao modo com que os jovens cubanos, por meio do hip hop, podem transformar a realidade de isolamento imposto pelo governo de Cuba.

As palestras serão ministradas pela pesquisadora norte-americana Tanya Saunders, da Lehigh University (EUA), e pelo pesquisador espanhol Julio Gonzalez-Ruiz, do Spelman College (EUA).

Os palestrantes são especialistas em temas relacionados à cultura de minorias e às interfaces entre estudos de cultura e populações desfavorecidas.

Para participar das atividades, franqueadas ao público externo, não é necessário realizar inscrições prévias. Os participantes receberão certificados.

Serviço

O que: palestras sobre hip hop cubano e contraculturas de modernidade

Quando: 18 e 19 de julho

Onde: nos campis da UNEB em Salvador e em Alagoinhas

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9605 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).