Mistura de Ritmos na VI Festa do Milho e Feira da Agricultura Familiar, em Santo Estevão

Mistura de Ritmos na VI Festa do Milho e Feira da Agricultura Familiar.
Mistura de Ritmos na VI Festa do Milho e Feira da Agricultura Familiar.
Mistura de Ritmos na VI Festa do Milho e Feira da Agricultura Familiar.
Mistura de Ritmos na VI Festa do Milho e Feira da Agricultura Familiar.

Durante a VI Festa do Milho e Feira da Agricultura Familiar, que acontece de 26 a 28 de julho de 2012, em Santo Estevão, Bahia, 160km, da capital baiana, mistura de ritmos animam os três dias de intercâmbio cultural. O objetivo é valorizar a cultura local e dar espaços aos novos grupos musicais e ao samba de rodas da cidade.

Um palco com uma super estrutura e iluminação montado no centro da praça será palco de 25 apresentações entre eles grupos de Samba de Roda, Quadrilhas, bandas evangélicas, bandas de forró, arrocha, pagode e axé animam a VI Festa do Milho.

O grande momento da Festa do Milho é a apresentação do Samba de roda Flor da caatinga que é composta por trabalhadores rurais. Onde levam a cultura do samba de raiz para o publico e assim preservando-a. Com todo o gingado o grupo promete repetir o sucesso do ano anterior.

A festa conta ainda com as apresentações das bandas Tempero de Mulher na abertura do evento. Os Garotos da Pisadinha e Banda forró Kentão, no segundo dia do evento, e encerrando a maratona de festa o show Banda Cheiro de Chuva e da banda Animal Faminto fecha a VI Festa do Milho e Feira da Agricultura Familiar de Santo Estevão, na Bahia.

Sobre Carlos Augusto 9717 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).