Governo do Estado vai recuperar todas as vias do CIS em Feira de Santana

Governo do Bahia contrata empresa de engenharia para executar as obras de revitalização e manutenção asfáltica das vias do Centro Industrial do Subaé (CIS), no Núcleo do Tomba e em São Gonçalo dos Campos.
Governo do Bahia contrata empresa de engenharia para executar as obras de revitalização e manutenção asfáltica das vias do Centro Industrial do Subaé (CIS), no Núcleo do Tomba e em São Gonçalo dos Campos.
Governo do Bahia contrata empresa de engenharia para executar as obras de revitalização e manutenção asfáltica das vias do Centro Industrial do Subaé (CIS), no Núcleo do Tomba e em São Gonçalo dos Campos.
Governo do Bahia contrata empresa de engenharia para executar as obras de revitalização e manutenção asfáltica das vias do Centro Industrial do Subaé (CIS), no Núcleo do Tomba e em São Gonçalo dos Campos.

Para dar início a recuperação e manutenção asfáltica das vias do Núcleo do Tomba e São Gonçalo dos Campos, no Centro Industrial do Subaé (CIS), em Feira de Santana, o Governo do Estado, através da Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração (SICM), vai contratar uma empresa de engenharia para executar as obras de revitalização.

O aviso de licitação foi publicado nesta terça-feira (10/07/2012), no Diário Oficial da Bahia.

Essa é mais uma iniciativa para melhorar a área do CIS de Feira de Santana e, consequentemente, atrair novos investidores para o município – contribuindo ainda mais para o desenvolvimento econômico do Estado.

A licitação será aberta até o mês de agosto e os interessados podem adquirir mais informações, de segunda à sexta, com a Comissão Permanente de Licitação, na sede do órgão – Av. Sudene, s/n, bairro do Tomba, Feira de Santana – ou através do e-mail.

Sancionada lei que garante a implantação de novos empreendimentos em Feira de Santana

O governador da Bahia, Jaques Wagner, sancionou na terça-feira (22/06/2012), a lei que possibilitará a implantação e/ou ampliação de empreendimentos industriais, comerciais ou de serviços no município de Feira de Santana que se compatibilizem com a política de desenvolvimento econômico do estado. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (05).

Para tal, fica o Centro Industrial do Subaé (CIS), órgão vinculado à Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração (SICM), autorizado a alienar, a título oneroso, as áreas de sua dominialidade, indicada no anexo único da lei, integrantes dos distritos e/ou complexos industriais administrados pelo Centro.

Como forma de atender a legislação, o Conselho de Administração do CIS já autorizou a utilização do Loteamento Fazenda Tury, localizado em Feira de Santana, para servir às atividades de fabricação de pás para aero geradores no Estado da Bahia.

De acordo com o secretário da Indústria, Comércio e Mineração, James Correia, a lei é importante porque amplia significativamente a área de expansão do Centro Industrial de Subaé. “Esse foi um compromisso do governador Jaques Wagner com o povo de Feira de Santana, nosso segundo mais importante distrito industrial e que está dentro da política de interiorização da economia baiana. A lei vai permitir que novas empresas se instalem no município”.

O deputado estadual líder do Governo na Assembleia Legislativa, Zé Neto, comemora esta ação e outras que estão por vir. “Duas aquisições ao CIS significativas nos últimos cinco anos e agora estamos ocupando uma nova e importante área adquirida. Nesse momento a ordem é avançar na industria, com a criação do CIS Norte e da perimetral Norte, dando a Feira de Santana a condição que ela merece no setor industrial do Estado”.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9303 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).