Chuva aquece negócios no Campo do Gado e registra crescimento na venda de animais nas últimas semanas, em Feira de Santana

Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

O volume de chuvas que vem caindo na cidade desde o mês de junho já está refletindo nos negócios do Complexo Matadouro Campo do Gado. A arroba do boi está cotada atualmente em R$ 110. Em maio, quando os efeitos da seca estavam acarretando maiores prejuízos aos comerciantes, o valor da arroba chegou a R$ 95.

De acordo com o administrador do equipamento municipal, Frank Mota, as vendas de animais estão registrando aumento. “A falta de água e alimentos para o gado forçou, há alguns meses, a queda no preço da arroba, para que os comerciantes não tivessem maiores prejuízos com a morte dos animais. Felizmente, a chuva está chegando a muitas cidades da região e os pastos estão voltando a se formar. O comércio do Campo do Gado está retomando seu fortalecimento. A expectativa é de que nos próximos meses os negócios alcancem melhores resultados”, salienta.

O comerciante José Miraldo Magalhães, proprietário de uma selaria instalada no Complexo Matadouro, afirma que as vendas tiveram um crescimento de aproximadamente 10%. “As selas, botas, couro, chapéus e vários artefatos de couro estão registrando uma melhor saída, devido ao maior número de pecuaristas e comerciantes que estão vindo participar da feira. Com fé em Deus, em breve estaremos vendendo ainda mais”, declara.

Para o pecuarista, Josmar Cardoso de Souza, que há 35 anos comercializa animais no Campo do Gado, a chuva ainda foi pouca, mas o suficiente para deixar os pecuaristas confiantes. “Nossa situação agora começou a melhorar. Já estou conseguindo vender novamente uma média de cem bezerros na feira. Acredito que a partir de setembro, estaremos fechando melhores negócios. Muita chuva está por vir e o gado terá água e comida a vontade. É esta nossa expectativa”, pontua.

Curso de economia solidária para professores

Os professores da rede municipal de ensino, que atuam na Educação de Jovens e Adultos (EJA), participam esta semana do curso em Economia Solidária e EJA, promovido pelo Ministério da Educação. Durante a formação, os professores aprendem a desenvolver conteúdos de economia solidária e a elaborar material didático, adequando-o ao programa educação de jovens e adultos.

O curso será desenvolvido em três etapas. Esta primeira acontece na Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador. Na segunda etapa, os professores vão receber a formação nas próprias escolas. A terceira etapa compreende as atividades a serem desenvolvidas pelos educadores com os alunos a partir da economia solidária.

Participam do curso 27 educadores que atuam em salas de aulas, além da professora Luciene Espírito Santo, técnica e especialista do programa, e da professora Yara Mary de Andrade Oliveira, chefe da Divisão do Ensino Fundamental.

Divulgada programação da Festa de Sant’Ana

O anúncio solene da programação da Festa de Sant’ana, padroeira do município, aconteceu na noite deste domingo (08/07/2012), na Santa Missa das 19h, na Catedral Metropolitana. O tema central dos festejos é “Com Sant’ana, Mãe e mestra, celebramos os frutos do Jubileu”. A Paróquia da Catedral Metropolitana de Sant’Ana comemora 50 anos da elevação à dignidade de Catedral, no Ano Jubilar.

Para o Arcebispo Dom Itamar Vian, o Ano Jubilar é um momento propício para reconhecer e agradecer. “Vamos juntos celebrar, unir a nossa voz e o nosso coração para dar graças a Deus pelos grandes feitos do Senhor em nossa vida”, ressalta.

O pré-novenário, com visita da imagem de Sant’Ana, acontece nas comunidades entre os dias 13 e 16, começando pela Comunidade Nossa Senhora da Glória, no bairro Feira IV, seguida pela Comunidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, na Chácara São Cosme, Comunidade São Franscisco de Assis, no Dispensário Santana, e, por último, Comunidade Nossa Senhora do Carmo, na Serraria Brasil.

No dia 17, acontece o retorno solene da imagem peregrina de Sant’Ana para a Catedral e inicia-se o novenário. Durante a novena, a solidariedade é estimulada através do ofertório pelos fiéis de itens como alimentos, lençóis, artigos de higiene pessoal, entre outros, destinados a Centro Sociais que atuam em obras de misericórdia.

O dia santo da padroeira, 26, começa às 5h da manhã, com alvorada dos sinos e fogos de artifício, seguida da celebração eucarística às 7h e da Solene Concelebração Eucarística às 10h, presidida pelo Dom Itamar Vian.

À tarde, acontece a tradicional procissão de Senhora Sant’Ana às 16h, sendo encerrados os festejos com pregação e bênção do Sagrado Santíssimo Sacramento às 18h.Dom Itamar Vian acrescenta que este é sempre um momento especial que favorece a reflexão e fortalece a fé cristã todos os anos.

“Mais do que a festa de uma paróquia, o nosso louvor a Sant’Ana deve reunir todos os seus filhos em uma grande celebração de fé e gratidão por Ela”. A programação completa pode ser conferida através do endereço eletrônico: http://www.catedraldesantana.com.br/festa.htm.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108095 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]