Deputado Carlos Geilson é contra desocupação da ALBA; Parlamentar critica Marcelo Nilo e diz que ocupação é pacífica

Carlos Geilson ainda frisou que o “presidente Marcelo Nilo deveria usar o prestígio que diz ter junto ao governador Jaques Wagner para convencê-lo a cumprir o acordo assinado com os professores ao invés de expulsá-los da Assembleia”.
Carlos Geilson ainda frisou que o “presidente Marcelo Nilo deveria usar o prestígio que diz ter junto ao governador Jaques Wagner para convencê-lo a cumprir o acordo assinado com os professores ao invés de expulsá-los da Assembleia”.

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) criticou a postura do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Nilo (PDT), que em entrevista a um programa de rádio nesta segunda-feira (16/07/2012) avisou que pedirá a desocupação dos professores da AL-BA.

“Não acho coerente pedir que os professores desocupem esta Casa. Uma vez que, eles não estão atrapalhando os trabalhos legislativos, nem tampouco estão fazendo algum tipo de baderna. É uma ocupação pacífica e não podemos tirar esse direito deles, desde quando esta é a Casa do povo. Essa postura do presidente só vai radicalizar o movimento”, ressaltou.

Geilson ainda frisou que o “presidente Marcelo Nilo deveria usar o prestígio que diz ter junto ao governador Jaques Wagner para convencê-lo a cumprir o acordo assinado com os professores ao invés de expulsá-los da Assembleia”.

Em greve há 97 dias, os professores da rede estadual de ensino seguem aguardando a avaliação do governo da contraproposta elaborada na última sexta-feira (13), em assembleia. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) informou por meio de nota que não desocupará as dependências da Assembleia.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9151 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).