Bahia pleiteia realização da Exposição Nacional do Mangalarga Marchador em 2014

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

(BELO HORIZONTE/MG) – Com o maior rebanho de equídeos do País e o terceiro rebanho de cavalos Mangalarga Marchador, a Bahia avança para bater mais uma marca: ser o primeiro estado, depois de Minas Gerais, a realizar a exposição nacional da raça. Durante a 31ª edição da exposição oficial da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM), no Parque da Gameleira, o secretário da Agricultura Eduardo Salles e a delegação de criadores baianos pleitearam sediar em 2014, caso o parque de Belo Horizonte entre em reforma, um dos maiores eventos equestres da América Latina.

Pela primeira vez, a Bahia participa da exposição com um estande. Com localização estratégica, centenas de criadores baianos tiveram uma visão privilegiada da pista de julgamentos. Elogiado por todas as demais associações brasileiras, a estrutura teve a função de divulgar as potencialidades do estado nos 11 dias de exposição. Diversos núcleos regionais estiveram presentes e mostraram-se entusiasmados com a possibilidade de receber uma exposição deste nível. O presidente do núcleo de Vitória da Conquista, Nelson Quadros, disse que “é um sonho que seria realizado para todos os criadores baianos”.

O secretário da Agricultura afirmou que o governo da Bahia, através da Seagri, dará todo o apoio necessário para abrigar o evento. Durante a cerimônia de oficialização do pleito, Salles e o presidente da ABCCMM, Magdi Shaat, foram homenageados pelos serviços prestados ao Mangalarga Machador com uma placa. Na sexta-feira (27/07/2012), o titular da pasta da Bahia participou de um dos maiores leilões da exposição e, no dia seguinte, da entrega de prêmios aos grandes campeões. “O Estado se consagra como um dos destaques da raça, ganhando dezenas de prêmios em várias categorias”.

Mercado

O presidente da Associação dos Criadores do Cavalo Mangalarga Machador da Bahia (ACCMMB), Hermann Abbehusen, que entregou o ofício com a reivindicação ao presidente da ABCCMM, afirmou que o estado conquistou posição de destaque como um dos principais mercados consumidores da raça e vem chamando, cada vez mais, a atenção de criadores de todo o País. “O nosso planejamento é incluir a exposição nacional num calendário baiano repleto de grandes eventos, a exemplo do Campeonato Brasileiro de Marcha Batida, da Copa das Confederações de 2013, e da Copa do Mundo de 2014”.

Hermann Abbehusen afirmou que a atividade, líder de empregos do setor agropecuário, também é responsável por fixar o homem do campo, gerando renda para milhares de tratadores.

Destaque

De acordo com o presidente da associação nacional, Magdi Shaat, se houver realmente a reforma do Parque de Exposições da Gameleira, a Bahia tem grandes chances de ser a nova casa do Mangalarga Machador. Magdi Shaat disse ainda que a reivindicação é justa e a parceria é de extrema importância para o segmento. “Com certeza a preferência é pela Bahia que, sem sombra de dúvida, é o estado que mais cresce em associados e em desenvolvimento da raça. Essa evolução vem se intensificando e os resultados são as premiações que os baianos abocanham na exposição nacional”.

O Melhor criador/expositor foi a Fazenda Riocon, de Norberto Odebrecht Neto. Um condomínio do Haras EAO, Caraíbas e Haras Elfar, dos baianos Maurício Odebrecht e Leonardo Barros, se consagrou como o grande campeão.

Prestigiando o evento pela primeira vez, Eduardo Salles tornou-se o mais novo associado do Mangalarga Machador e ganhou do presidente da associação nacional seu primeiro animal. O secretário visitou o espaço e pode conferir de perto os leilões, concursos de marcha, julgamentos, provas funcionais, sociais e alguns dos 1,5 mil animais da exposição. “Para nós seria uma grande honra realizar esse evento, já que temos um parque com estrutura semelhante, temos o maior rebanho de equídeos e lideramos como estado que mais cresce com milhares de criadores da raça”.

31ª Exposição Nacional

Durante a sua realização, de 18 a 28 de julho, a 31ª Exposição Nacional do Mangalarga Machador recebeu mais de 150 mil visitantes, movimentando algo em torno de R$ 13 milhões em negócios. Aproximadamente 1,5 mil animais, oriundos de todas as regiões do país, participaram de concursos de marcha, julgamentos, provas funcionais e sociais.

A Exposição é direcionada ao público em geral, empresários, produtores rurais, profissionais liberais, pessoas ligadas ao agronegócio e tem como objetivo a avaliação dos animais inscritos em diversos quesitos, além de promover interação entre os criadores dos quatro cantos do país e do exterior. Assim como no ano anterior, a Nacional contou com a presença de uma delegação composta por 30 criadores vindos de diversos países, como Itália, França, EUA, Argentina, Holanda e Alemanha.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113755 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]