Seca não atrapalha festas juninas nos municípios baianos de Jequié e São José de Jacuípe

Cartaz da edição 2012 do São João de Jequié.
Cartaz da edição 2012 do São João de Jequié.
Cartaz da edição 2012 do São João de Jequié.
Cartaz da edição 2012 do São João de Jequié.

Há poucos dias da chegada da edição 2012 do São João, nas cidades de Jequié e São José de Jacuípe, no interior baiano, já começam os preparativos para receber o público e os turistas para as festas juninas. Os festejos, que estão entre os maiores do Nordeste, terão a animação de bandas, quadrilhas e brincadeiras regionais.

Em São José de Jacuípe, o São João é comemorada há quase 70 anos. Segundo o secretário de Administração do município, José Robson Vilas Boas, a festa deste ano chegou a ser ameaçada por causa da seca. “Não íamos comemorar o festejo em 2012. Mas, há uma semana, o prefeito da cidade resolveu fazer a festa. Para realizar o evento, o município gasta em torno de R$ 350 mil, mas este ano a prefeitura só vai investir cerca de R$ 120 mil”, disse.

De acordo com Vilas Boas, a prefeitura resolveu fazer o São João por causa dos filhos de pioneiros da região. Eles moram em outras cidades e reservam suas férias para o mês de junho por causa dos festejos juninos. “Essas pessoas vêm a São José de Jacuípe para visitar a família e participar da festa. Este ano os dias de comemoração foram reduzidos de trés para dois dias. A festa ocorrerá nos dias 15 e 16 de junho”, disse.

Ainda segundo o secretário, a seca continua causando problemas para o município. “O maior problema que estamos enfrentando na região é o da falta de água, os reservatórios estão secando. Os agricultores perderam 100%o de suas lavouras, e muitos criadores mantiveram seus rebanhos porque a prefeitura está abastecendo as comunidades com carros-pipa, fornecendo ração, e também cestas básicas para as famílias”, declarou.

Já para o secretário interino de Cultura e Turismo de Jequié, Irailton Santos, os preparativos para a festa de São João, nos dias 14 a 24 de junho, estão quase prontos. O festejo terá muitas atrações musicais e brincadeiras tradicionais da região.”Vamos fazer a festa, mas este ano o Ministério Público (MP) sugeriu que reduzíssemos os gastos em relação aos outros anos. A outra parte que seria gasta com o evento, será destinada aos municípios que estão sendo atingidos pela seca”, disse.

Santos ressaltou que o São João de Jequié já virou tradição, e é o maior evento da cidade. “É a décima sétima edição. Em 2011 foi eleito como o melhor São João da Bahia. No período da festa, temos, em média, 60 mil pessoas por noite. Os hotéis estão todos reservados, isso faz com que a arrecadação municipal aumente cerca de 40%. O tema da festa deste ano é em homenagem ao centenário de Luiz Gonzaga”.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108791 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]