Ilhéus é forte candidata no Concurso Cidade Baiana da Cultura 2012

Bar o Vesúvio em Ilhéus. Cidade é forte concorrente ao prêmio.
Bar o Vesúvio em Ilhéus. Cidade é forte concorrente ao prêmio.
Bar o Vesúvio em Ilhéus. Cidade é forte concorrente ao prêmio.
Bar o Vesúvio em Ilhéus. Cidade é forte concorrente ao prêmio.

Será anunciado na próxima quarta-feira (13/06/2012), às 17 horas, em Maragojipe, o nome município ganhador do título Cidade Baiana da Cultura 2012, concurso criado em 2010 pela Expo Eventos, com o objetivo de valorizar, promover e preservar as riquezas culturais e históricas, bem como a diversidade e a identidade cultural dos baianos.

Nas edições anteriores, as cidades de Rio de Contas e Maragojipe foram as contempladas e receberam todo o suporte para realização e divulgação das festas tradicionais locais. Em 2012, as cidades finalistas são: Alagoinhas, Cachoeira, Caculé, Conceição do Coité, Ilhéus, Irará, Jacobina e santo Amaro, representando os sete Territórios de Identidade da Bahia.

Neste ano em que se celebra o centenário de nascimento de Jorge Amado, baianos e turistas revisitam o patrimônio histórico, artístico, cultural e ambiental da região de Ilhéus e se reconhecem na música, na culinária, na dança, nas artes plásticas, cênicas, nos sotaques e nas mais diversas manifestações culturais locais. Acreditamos que isto faz da Princesinha do Sul uma forte candidata ao título de Cidade Baiana da Cultura.

 

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9293 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).