Fundação Getúlio Vargas anuncia inicio de atividades em Feira de Santana

Fundação Getúlio Vargas apresentou para a comunidade feirense seu projeto de atuação no ensino de pós-graduação na cidade.
Fundação Getúlio Vargas apresentou para a comunidade feirense seu projeto de atuação no ensino de pós-graduação na cidade.

Na noite desta quinta-feira (31/05/2012) a Fundação Getúlio Vargas apresentou para a comunidade feirense seu projeto de atuação no ensino de pós-graduação na cidade. O evento foi realizado no Spázio e contou com a presença de professores, estudantes, empresários, autoridades municipais e estaduais.

As atividades na cidade terão inicio em julho com a oferta do curso de pós-graduação em Gestão Empresarial. De acordo com Felipe Gonçalves, Superintendente da rede conveniada da FGV, a análise do comportamento do mercado poderá trazer também, em breve, os cursos de Gestão de Projetos, de Marketing, Gestão de Pessoas, entre outros.

A atuação da instituição na Bahia é fruto de um estudo que aponta o potencial de desenvolvimento e, consequentemente, a necessidade de capacitação profissional. “O nordeste é visto no Brasil como a região onde acontece o maior crescimento. Dentro da perspectiva do nordeste, procuramos desenvolver primeiramente a Bahia e aqui identificamos algumas regiões: Feira de Santana, Vitória da Conquista, Juazeiro e Itabuna que são polos de alguma atividade. Vemos Feira de Santana como um centro de distribuição do nordeste. Vislumbramos na cidade o crescimento, melhorias no atendimento de serviço, novas oportunidades de negócio, de comércio”, salientou Felipe Gonçalves.

Presente ao evento, o deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa, Zé Neto, destacou necessidade de mão de obra qualificada e o posicionamento estratégico de Feira para o progresso da região. “Feira de Santana é o grande trampolim da logística e crescimento do nordeste e vai precisar de gestão. É impossível fazer gestão sem pensar em formação”, disse. O parlamentar deu as boas vindas à instituição salientando as ações iniciadas no governo do ex-presidente Lula no sentido de democratizar o acesso ao ensino superior.

A atividade da unidade FGV em Feira de Santana é resultado de um convênio com a consultoria Energem, responsável pela gestão da unidade na cidade que funcionará nas dependências do colégio Gênesis.

Também estiveram presentes Maria de Fátima Lopes (diretora acadêmica da Energem), Betovem Coura (coordenador acadêmico do MBA em Gestão Empresarial), Fernanda Aquilão (coordenadora acadêmica do MBA em Direito), José Raimundo (secretário de educação de Feira de Santana), Alfredo Marcos Oliveira (diretor da Meio Comunicação e Marketing), entre outros.

Sobre Carlos Augusto 9456 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).