Feirense Edivaldo Boaventura recebe o título doutor honoris causa pela UNEB

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
O educador e escritor baiano Edivaldo Machado Boaventura, diretor-geral do jornal A Tarde, será homenageado pela UNEB.
O educador e escritor baiano Edivaldo Machado Boaventura, diretor-geral do jornal A Tarde, será homenageado pela UNEB.

O educador e escritor baiano Edivaldo Machado Boaventura, diretor-geral do jornal A Tarde, será homenageado pela UNEB com o mais importante título acadêmico da instituição: o de doutor honoris causa.

A solenidade que vai outorgar a honraria a acontece na próxima segunda-feira (04/06/2012), às 16h, no teatro da universidade, Campus I, em Salvador.

Para a cerimônia, aberta ao público, estão convidados o governador do estado, Jaques Wagner, o secretário estadual de Educação (SEC), Osvaldo Barreto, a presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE), Ana Maria Teixeira, o presidente da Academia de Letras da Bahia (ALB), Aramis Costa, a presidente do Instituto Geográfico e Histórico Brasileiro (IGHB), Consuelo Pondé, e o ex-governador da Bahia, Roberto Santos, além de parlamentares, demais secretários de estado, ex-reitores da universidade, lideranças políticas e da sociedade civil, jornalistas e artistas baianos.

Uma vida dedicada à educação 

Edivaldo Machado Boaventura nasceu na cidade baiana de Feira de Santana, em 10 de dezembro de 1933. Atualmente, depois de mais de 50 anos de experiência docente, tem se dedicado à orientação de teses e dissertações, participando de diversas bancas examinadoras.

Em sua produção literária destacam-se obras como Problemas da educação baiana (1977), Pela causa da educação e da cultura (1984), e A educação brasileira e o direito (1997), entre outras. Edivaldo também integra o conselho editorial de cerca de 10 revistas da área de educação e ciências humanas.

Em sua carreira acadêmica graduou-se em direito (1959) e em ciências sociais (1968) pela Universidade Federal (Ufba)  da Bahia, além de ser doutor em direito e ter obtido a docência livre em economia política (1964) pela instituição. Ainda é mestre (1980) e Ph.D. em administração educacional (1981) pela The Pennsylvania State University (Penn State), dos Estados Unidos, e pós-doutor pela universidade de Quebec, do Canadá.

Entre outras conquistas, o escritor presidiu (2007-2011) a Academia de Letras da Bahia, foi secretário estadual de Educação por duas gestões (1970-1971 e 1983-1987), quando criou e exerceu a reitoria da UNEB, e ainda implantou o doutorado em educação da Ufba.

Mais informações no site www.uneb.br.

Agenda

O que: solenidade de outorga do título doutor honoris causa ao educador Edivaldo Boaventura

Quando: 4 de junho, às 16h

Onde: no Teatro UNEB, Campus I da universidade, em Salvador

Edivaldo Boaventura – Convite da UNEB

Sobre Carlos Augusto 9669 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).