Feira de Santana: Avenida Ayrton Senna é desapropriada para projeto de urbanização. Projeto executivo deverá ficar pronto em 60 dias

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Avenida Ayrton Senna (antiga Avenida Anchieta), em Feira de Santana, está definitivamente liberada para que seja dado início ao projeto de pavimentação asfáltica.
Avenida Ayrton Senna (antiga Avenida Anchieta), em Feira de Santana, está definitivamente liberada para que seja dado início ao projeto de pavimentação asfáltica.
Avenida Ayrton Senna (antiga Avenida Anchieta), em Feira de Santana, está definitivamente liberada para que seja dado início ao projeto de pavimentação asfáltica.
Avenida Ayrton Senna (antiga Avenida Anchieta), em Feira de Santana, está definitivamente liberada para que seja dado início ao projeto de pavimentação asfáltica.

Avenida Ayrton Senna (antiga Avenida Anchieta), em Feira de Santana, está definitivamente liberada para que seja dado início ao projeto de pavimentação asfáltica que terá 1.600 metros de extensão, ligando o Anel de Contorno à Avenida Iguatemi (bairro Mangabeira). O último morador da avenida, o senhor Manoel Lima, de 86 anos, que se recusava a sair do local mesmo após ação judicial que decretava a desapropriação da casa, foi finalmente retirado da via nesta quarta-feira (27/06/2012), e passará a residir com a sua filha Avani Silva.

Em fevereiro de 2011, 358 famílias que residiam no local foram relocadas para o conjunto habitacional Ayrton Senna, no bairro Conceição, construído através do programa estadual Dias Melhores e do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD).

De acordo com o deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, Zé Neto (PT), agora as obras da avenida terão continuidade garantida. “Com a retirada do ultimo morador, a Avenida Ayrton Senna ficará definitivamente liberada para que possamos, daqui para a frente, pensar na execução das obras. O projeto executivo está sendo elaborado pela Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (CONDER), a prefeitura Municipal de Feira de Santana tem um projeto parcial e a tendência é que esse projeto fique pronto em sessenta dias no máximo.”, comemorou o deputado.

Zé Neto ressaltou que as ações que cabiam ao Governo do Estado já foram cumpridas, relocando os moradores para as novas habitações e indenizando aqueles que não aceitaram as unidades residenciais como permuta. “Nosso passo agora é receber o projeto executivo e providenciar os recursos junto ao Governo Federal e Estadual, já que o orçamento da prefeitura é insuficiente para custear essa importante artéria em desenvolvimento na nossa cidade.”

A obra 

A obra de infraestrutura, urbanização e habitação da avenida dará condições de acessibilidade e mobilidade a pelo menos 15 mil pessoas da localidade. R$ 13 milhões é o investimento aplicado na empreitada.

Banner do Governo da Bahia: Campanha 'Aqui é trabalho', veiculada nesta sexta-feira (04/11/2021).
Sobre Carlos Augusto 9717 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).