Bahia apresenta programas ambientais na Conferência Rio + 20

Logomarca do Jornal Grande Bahia.Logomarca do Jornal Grande Bahia.

O Governo do Estado da Bahia iniciou, no domingo (17/06/2012), uma série de palestras durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio + 20). Temas como Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE), Programa Água para Todos (PAT) e Regulação Ambiental na Bahia, estão sendo apresentados pela delegação baiana, no auditório CNO 1, no Parque dos Atletas, na Barra da Tijuca, onde estão reunidas todas as delegações do Brasil e dos Estados-membros das Nações Unidas.

A Rio + 20 tem dois eixos temáticos, a Economia Verde e a Erradicação da Pobreza. Dentro deste contexto, a Bahia apresenta o Programa Água para Todos, que desde 2007, quando foi criado, já beneficiou mais de três milhões de pessoas. “O sucesso do Água para Todos serviu de referência para o Governo Federal, que criou a versão nacional como vertente do Plano Brasil Sem Miséria, em 2011”, declarou o secretário estadual do Meio Ambiente, Eugênio Spengler.

Outro tema colocado em pauta pela delegação baiana é o Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE). Um instrumento estratégico de gestão e organização do território. “A proposta é garantir o desenvolvimento sustentável e a melhoria das condições de vida da população, ao vincular as decisões do poder público e da iniciativa privada aos critérios de uso e conservação dos recursos naturais”, explica Rosalvo Junior, coordenador técnico do ZEE.

Outros temas serão discutidos até esta quinta-feira (21), como o Programa de Desenvolvimento Sustentável da Bahia (PDA), Energia Eólica e Solar, o Programa Cacau Para Sempre, Trabalho Decente, Economia Solidária e Energias renováveis. No stand do Governo da Bahia, montado no Pavilhão D, os visitantes também podem ter acesso aos programas baianos, através de folder, revista e vídeos que estão sendo expostos em seis telas touch screen.

Espaço da Bahia é destaque

O cenário foi todo montado com material reutilizável, confeccionados com caixotes de madeira. Dentro de um dos espaços foi montada uma instalação multimídia, em formato de caleidoscópio – cujos espelhos foram revestidos de garrafas pet -, onde as imagens escolhidas pelos visitantes são projetadas e soltam às vistas. A proposta é apresentar a diversidade existente na Bahia, de forma interativa. O estado reúne quatro dos principais biomas brasileiros: o Litorâneo (mangues e restingas), a Mata Atlântica, a Caatinga e o Cerrado.

“A Bahia conseguiu traduzir a proposta da Rio + 20 sobre a questão da sustentabilidade ao confeccionar o espaço com material reutilizável”, pontuou a representante do Governo de Rondônia, Maria do Nascimento. Para a publicitária de Brasília, Cecília Miranda, o stand baiano se destaca pela proposta de unir a tecnologia e o respeito ao meio ambiente. “Sou apaixonada pela Bahia. Hoje, conheci alguns de seus projetos com destaque aos voltados para a questão ambiental. O stand está muito bonito. Realmente, a Bahia é muito mais que o Carnaval”, ressaltou.

*Com informações da SECOM/BA

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]