SESP atende reclamações da comunidade registradas na Central Disque Denúncia

Prepostos da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Sesp) têm atuado em diversos pontos da cidade para atender às solicitações da comunidade através da Central Disque Denúncia (CDD) 156. A maioria das reclamações ao órgão é referente à troca de lâmpadas, descarte irregular de entulho e lixo, limpeza de ruas e praças, além do recolhimento de animais mortos.

Segundo o secretário de Serviços Públicos, Alexandre Monteiro, o objetivo da Sesp é atender a demanda de toda a comunidade dentro do prazo informado durante o atendimento. “As solicitações são encaminhadas para os setores responsáveis – Limpeza Pública, Iluminação, Fiscalização e Áreas Verdes. A maior demanda é com relação a substituição de lâmpadas. Neste caso encaminhamos uma ordem de serviço para que a empresa prestadora execute a manutenção”, informa.

Combate à poluição sonora, estacionamento irregular e acidentes de trânsito, além de outros registros, também podem ser feitos a qualquer hora na Central 156. O equipamento funciona 24 horas, inclusive aos domingos e feriados, na Secretaria Municipal de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev). Todas as reclamações feitas na central são encaminhadas para as secretarias e órgãos competentes, através de e-mail.

Ao manter contato com o órgão, o cidadão informa o nome completo, endereço, telefone, CPF e e-mail, de quem dispõe. As informações permanecem armazenadas no órgão. Segundo a coordenadora da CDD, Eliane Araújo, as ligações podem ser feitas gratuitamente através dos telefones fixos, operadora Oi e, agora, por meio da Tim.

Após registrar o pedido, a Central 156 informa o número da solicitação ao cidadão, o que comprova a queixa. “Temos uma equipe composta por 12 pessoas, trabalhando 24 horas. São seis linhas telefônicas. Caso seja registrada alguma ocorrência de violência, nós repassamos para a PM, Polícia Civil e a Guarda Municipal”, informa a coordenadora da central.

Ações de controle da dengue em discussão

Visando discutir o fortalecimento do sistema de saúde em Feira de Santana para o enfrentamento a dengue, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através da Divisão de Vigilância Epidemiológica (Viep), realizou mais uma reunião do Grupo Gestor de Dengue, na manhã desta segunda-feira (28/05/2012).

O órgão é formado por gestores das unidades hospitalares da rede pública e privada da cidade e representantes da SMS. Na oportunidade, a chefe da Viep, Janice Estrela apresentou a atual situação epidemiológica do município, que registrou de janeiro a abril 537 casos da doença, sendo 534 do tipo clássico e três classificados como dengue hemorrágica.

Janice Estrela observou que a identificação precoce dos casos de dengue é fundamental para a tomada de decisões e implementação de medidas oportunas, evitando assim óbitos. “Os serviços de saúde precisam estar devidamente organizados, tanto na área de vigilância epidemiológica quanto na prestação de assistência médica, para evitar a letalidade por dengue na nossa cidade”, frisou.

Ela ressaltou, ainda, a importância das unidades hospitalares na notificação dos casos. “A Viep toma conhecimento da situação de dengue em cada bairro através das notificações. Por isso, os hospitais devem trabalhar em parceria com a Viep, identificando em tempo hábil pacientes que apresentam quadros suspeitos da doença e assegurando os leitos para casos graves”, afirmou.

Janice Estrela destacou que todas as estratégias e medidas de prevenção e controle da dengue, com ações de combate ao vetor, continuam sendo intensificadas. “Ainda assim, precisamos da participação efetiva dos munícipes, que devem somar esforços com o poder público. De nada adianta fazermos nosso trabalho se a população não colaborar”, considerou.

Participaram da reunião representantes do Hospital Municipal da Criança, Hospital Geral Clériston Andrade e 2ª Diretoria Regional de Saúde (2ª Dires).

Reintegração de posse de terreno da Prefeitura

A ação de reintegração de posse de um terreno pertencente à Prefeitura de Feira de Santana, localizado no Loteamento Tropical, bairro Calumbi, foi realizada de forma pacífica pela Guarda Municipal e Polícia Militar na tarde desta segunda-feira (28/05/2012). A área estaria sendo ocupada por várias famílias que já planejavam iniciar construção de imóveis.

O terreno estava com lotes demarcados com piquetes de madeira e materiais de construção espalhados. Os prepostos da GM e PM encontraram no local materiais como blocos, terra, brita e pré-moldados. De acordo com o comandante da Guarda Municipal, Marcus Vinícius Alves, em alguns lotes já havia sido iniciada a construção de alicerces.

“Aproximadamente 30 guardas municipais foram deslocados para a ação, que teve início pela manhã, quando foi alertado aos invasores que retirassem seus pertences da área, porque seria realizada a reintegração de posse durante a tarde. A ação foi auxiliada com o efetivo de dez policiais e felizmente não tivemos problemas com resistência”, ressalta.

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Sesp) disponibilizou veículos, para recolher todo o material de construção encontrado na área e executar a limpeza. Os proprietários deverão solicitar a retirada do material na própria Sesp.

Dignidade e infraestrutura para a população

Situadas em uma região de terreno úmido e com predominância de nascentes, a rua Leolindo Silva e 2ª Travessa Leolindo Silva, no bairro Queimadinha, eram sinônimos de precariedade em urbanização e infraestrutura. Os moradores viveram durante décadas expostos à lama e vários problemas de saúde pública. Mas a inauguração da pavimentação das vias, na noite desta segunda-feira (28/05/2012), marcou uma nova fase na vida das pessoas da localidade.

O prefeito Tarcízio Pimenta foi recebido em clima de muita festa. O gestor municipal traduziu a importância da obra em uma frase: devolver a dignidade aos moradores. “Essa localidade vivia uma situação de calamidade pública. As pessoas não acreditavam mais em qualquer promessa de intervenção a ser realizada nestas vias. Mas hoje me sinto realizado em ver essa realidade completamente mudada”, declarou.

As vias foram contempladas com 2.176 metros quadrados de paralelepípedo. O investimento foi de R$ 101.342.40 e os trabalhos foram executados pela Empresa FMS Construções e Projetos, contratada pelo Governo Municipal através de licitação pública. Para a dona de casa Gilvânia Queiroz, que mora há dez anos na localidade, a urbanização é a concretização de um sonho.

“Já perdi a conta de quantos chinelos já perdi na lama que se formava aqui em dias de chuvas. Mas graças a Deus veio um prefeito e um vereador que olhou por nós. Hoje só temos a agradecer”, destacou. O vereador Sebastião Souza, o Sebastião Bastinho, lembrou outros investimentos do Governo Municipal no bairro Queimadinha.

“O nosso bairro nunca teve tanta atenção de um prefeito, de um Governo, como agora. Hoje temos ruas asfaltadas, unidades de saúde reformadas, uma panificadora comunitária, e vamos ter uma UPA 24 horas, que vai garantir mais saúde para as pessoas. Isso tudo em apenas três anos e cinco meses”, enumerou Bastinho.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Antônio Francisco Neto, o Ribeiro, parabenizou a comunidade da Queimadinha pela conquista. “Eu conheci de perto o sofrimento dessas pessoas. Pude ver a situação que esse povo vivia nestas ruas. Por isso hoje vocês têm muito a comemorar”, salientou.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120553 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.