Operadoras de telefonia móvel terão que explicar péssimos serviços, afirma deputado Bruno Reis

A Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Pedro Tavares (PMDB), aprovou na manhã de hoje (16/05/2012) requerimento convidando os diretores das operadoras Tim, Oi, Vivo e Claro para prestar esclarecimento sobre as falhas constantes nos serviços prestados aos baianos. O requerimento foi apresentado pelo deputado Bruno Reis (PRP). Eles devem comparecer à comissão no próximo dia 30.

“Virou rotina a gente ficar sem conseguir falar com ninguém durante até mais de um dia porque, acredito, essas operadoras não estão conseguindo atender à demanda e prestar um serviço de boa qualidade. Queremos que as operadoras expliquem porque isso tem ocorrido com tanta freqüência e que providências estão tomando para resolver o problema”, justificou Bruno Reis, que vai convidar um representante da Anatel, a agência que regulamenta o setor, para a reunião com os representantes das operadoras.

O deputado afirmou ainda que vai ingressar com uma representação para que o Ministério Público Federal também cobre das operadoras uma melhor qualidade na prestação dos serviços aos consumidores baianos.

 

Sobre Carlos Augusto 9707 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).