Governo da Bahia debate fortalecimento da gestão administrativa municipal

O secretário de Relações Institucionais, Cézar Lisboa destacou importância do resgate da autonomia dos municípios, sobretudo quando assumem o protagonismo das políticas públicas
O secretário de Relações Institucionais, Cézar Lisboa destacou importância do resgate da autonomia dos municípios, sobretudo quando assumem o protagonismo das políticas públicas
O secretário de Relações Institucionais, Cézar Lisboa destacou importância do resgate da autonomia dos municípios, sobretudo quando assumem o protagonismo das políticas públicas
O secretário de Relações Institucionais, Cézar Lisboa destacou importância do resgate da autonomia dos municípios, sobretudo quando assumem o protagonismo das políticas públicas

Representantes do Governo do Estado, da União, prefeitos e secretários municipais debateram hoje (30/05/2012), no auditório da UPB, mecanismos que aprimorem a pactuação federativa e estimulem o fortalecimento da capacidade de gestão municipal administrativa. O encontro ocorreu durante o 2º Seminário Nacional de Gestão Pública, promovido pela Associação Brasileira dos Municípios (ABM).

O secretário de Relações Institucionais, Cézar Lisboa, representou o governador Jaques Wagner durante o evento e destacou importância do resgate da autonomia dos municípios, “sobretudo quando assumem o protagonismo das políticas públicas. Precisamos reforçar esse pacto federativo, que passa por uma reforma tributária e por políticas que precisam ir além dos marcos municipais”, completou.

O evento, que tem também como objetivo apoiar o acesso dos municípios a recursos, programas e ações que colaborem com o desenvolvimento econômico e social em nível local e regional, foi aberto pelo presidente da ABM, Eduardo Tadeu Pereira, que pediu menos burocracia para que os municípios possam ofertar melhores serviços à sua população.

Participaram ainda representantes da Caixa Econômica Federal e da Secretaria de Assuntos Federativos da União, além das prefeitas Tânia Portugal, de São Sebastião do Passé e Moema Gramacho, de Lauro de Freitas. Moema, por sinal, realçou a união de municípios e Estado “nesse momento em que a seca aflige boa parte da Bahia”.

Sobre Carlos Augusto 9717 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).